Produtores fazem doação de 140 quilos de tomate-cereja

160

Agricultores de Parisi destinaram parte do plantio para a Santa Casa de Votuporanga.


Em cada colheita do produtor rural Leandro Demarque Barão, uma parte tem destino certo: beneficiar centenas de pacientes da Santa Casa de Votuporanga. Há três anos, ele doa para o Hospital, referência para 53 cidades da região.

Leandro está em um novo projeto e, mesmo assim, quis envolver a Instituição votuporanguense. Ele e seus sócios, Juliano Basílio Gonçalves e Guilherme Rosa Bertucci, estão investindo em mini-tomates (cereja e sweet grape). E, já no início, destinaram 140 quilos de tomates-cerejas para a Santa Casa.

Leandro explicou a satisfação em contribuir. “O que me move é o instinto de solidariedade mesmo e também dividir um pouco das bênçãos que Deus nos proporciona. Toda vez que tenho colheita, procuro fazer a doação”, contou. 

Ele ressaltou a importância do Hospital para a região. “A Santa Casa é referência em qualidade de serviço e atendimento. É sempre bom saber que tem alguém muito bem preparado para nos assistir”, frisou. 

O produtor destacou que, quando doa, o sentimento é de dever cumprido. Os tomates foram encaminhados para o Serviço de Nutrição e Dietética do Hospital, responsável pelo fornecimento de 1.700 refeições diárias a pacientes e acompanhantes. 

O provedor da Instituição, Luiz Fernando Góes Liévana, agradeceu a contribuição. “Leandro é um grande parceiro. Há 3 anos, destina uma parte de sua produção para nosso Hospital e, mesmo com novo projeto, não deixou de beneficiar quem precisa. Agradecemos essa colaboração, que faz a diferença. Nossos assistidos sentem toda essa solidariedade e generosidade”, finalizou.