Equipe multidisciplinar da Santa Casa apresenta trabalho de acompanhamento de pacientes

263
O médico neurologista Dr. Vitor Marques, visita internos  acompanhado de fisioterapeuta, nutricionista, assistente social, farmacêutica, psicóloga, fonoaudióloga e enfermeiros

SAÚDE –

Além das novas tecnologias e do avanço significativo da Medicina, boa parte dos diagnósticos precoces e tratamentos em ritmo mais acelerado passam por equipes multidisciplinares nos hospitais. São profissionais de variadas áreas da saúde, muitas vezes coordenados por um médico, que trabalham em conjunto, permitindo um atendimento global de acordo com as necessidades dos pacientes.

Na rotina do Hospital, nas primeiras horas da manhã, o médico neurologista Dr. Vitor Pugliesi Marques realiza uma sua reunião com os profissionais multidisciplinares. Ao lado de residentes e internos, ele conversa com Fabiana Souza (enfermeira responsável das alas A e B); Fernanda Menezes (coordenadora de Fisioterapia); Isabela Lucas Lima (psicóloga); Amanda Castanheira (nutricionista); Analia Pistelli (fonoaudióloga); Taisa Barros da Silva (farmacêutica) e Viviane da Cunha Silva (assistente social) garantindo uma assistência individualizada.

“Os nossos assistidos de Neurologia recebem este acompanhamento semanal, a fim de que os profissionais envolvidos neste atendimento possam conhecer os casos, avaliar e alinhar as condutas”, explicou o neurologista.

Dr. Vitor destacou que o intuito é uma assistência personalizado. “Todas terças e sextas-feiras, se reúne com a equipe para um atendimento mais completo. Esse sistema é muito satisfatório, pois os problemas são reconhecidos precocemente. Todo esse conjunto de profissionais trabalha com o único objetivo de acelerar a alta. Os pacientes se sentem bem mais acolhidos também”, complementou.

A iniciativa oferece mais conforto para o paciente, possibilitando também que ele fique menos tempo internado. Em geral, as equipes conseguem elaborar um tratamento melhor e mais completo para quem está sob cuidados. “A grande importância de uma equipe é conseguir trabalhar melhor todas as demandas apresentadas. Conseguimos potencializar as terapias e ocorre uma maior integração entre os profissionais”, explicou a gerente assistencial, Alessandra Zanovelli.

 

O paciente Abilio dos Santos está internado na ala B. “Meu pai teve Acidente Vascular Cerebral (AVC) há três anos e meio. Teve algumas complicações e viemos para a Santa Casa. Essas visitas são boas para tirar dúvidas, a gente se sente mais segura”, contou a filha Daiane.

O provedor da Santa Casa, Luiz Fernando Góes Liévana, ressaltou os benefícios significativos para os assistidos e a instituição. “Ao tomar decisões mediante uma junta de profissionais alinhados entre si e atualizados em conhecimento, o paciente terá melhor recuperação e mais qualidade de vida. Diminui o tempo de internação, de forma com que haja mais vagas na Instituição”, afirmou.

Conheça os benefícios do profissional de cada área:

Nutrição – O profissional neste processo visa a reabilitação nutricional destes pacientes, que maioria das vezes possuem outras patologias associadas como Diabetes e Hipertensão.

Fonoaudiologia – Responsável por realizar avaliação e habilitação relacionadas a deglutição. Avaliando se o paciente possui condições de se alimentar de forma habitual (via oral) com segurança, pois doenças neurológicas podem prejudicar esta função.

Enfermagem – Alinhamento de condutas das especialidades para prestar assistência com maior qualidade para o paciente.

Fisioterapia – Identificação de alterações sensoriomotoras que acometem o paciente assistido pela neurologia e que se beneficiam diretamente do processo de reabilitação, visando como principal objetivo, o restabelecimento funcional e qualidade de vida.

Farmácia – Realiza o acompanhamento farmacológico, com ajustes de doses, alterações medicamentosas, contribuindo para que o plano terapêutico seja adequado

Serviço Social – Identifica possíveis fragilidades sociais do paciente e familiares, dessa maneira fortalece o vínculo entre paciente e profissionais.

Psicologia – A discussão do caso durante a visita permite uma compreensão mais ampla acerca do quadro do paciente, favorecendo uma avaliação psicológica mais completa. Além disso, nesse momento o psicólogo pode auxiliar o paciente na compreensão de seu quadro e no esclarecimento de suas dúvidas.