Apresentadora do SBT, Priscilla Nunes, conta sobre a sua luta até chegar na TV

592

Priscilla Nunes, nasceu como uma rara anomalia, e quebrou todos os padrões, e se torna inspiração para mulheres.


Priscilla Nunes, apresentadora do SBT Interior de São José do Rio Preto/SP, concedeu uma entrevista para a jornalista Jéssica Fonseca, em uma live, no final do ano passado. Onde falou sobre carreira, preconceito e traumas da infância.

Priscilla Nunes, uma mulher que quebrou todos os padrões e se tornou uma das pessoas mais inspiradoras para aqueles que conhecem a sua história, nasceu com uma “Anomalia Cranofacial”, malformação craniofacial é toda alteração congênita que envolve a região do crânio e da face. A mais frequente anomalia craniofacial é a fissura de lábio e/ou palato. Na época Priscilla, foi o único bebê sobrevivente do país, que nasceram com essa deficiência. Foram várias cirurgias, para amenizar as consequências dessa doença.

Ao ser perguntada qual o maior preconceito que Pricilla já havia sofrido, a entrevistada respondeu que, sem dúvidas, do próprio pai, que rejeitou a filha logo ao nascer. “Quando eu nasci, meu pai disse ao médico que poderia me matar, que não aceitava a filha com deficiência. Minha mãe lutou contra todos”, disse.

Um dos pontos altos da entrevista, Priscilla se emociona ao falar que mesmo com a rejeição do pai, ela nunca desistiu de conquistar o amor dele, e conseguiu. “Quanto mais ele se afastava de mim, mas eu queria mostrar o meu amor, e eu posso disser com toda felicidade do mundo, que eu consegui.” Conta.

Mesmo com toda dificuldade, inclusive ligada a respiração, a apresentadora, não desistiu do seu sonho, dona de uma voz marcante, ela se tornou cantora gospel e chegou a vender 25 mil cópias em seu primeiro CD independente e hoje é uma das apresentadoras do programa, Seja Você, do SBT interior, ao lado de Elionora Chaves, e prova que nenhuma deficiência, pode deixar os sonhos morrerem.

“Eu nasci para isso, eu nasci para ser artista.”

A apresentadora se emociona ao finalizar a entrevista e incentiva outras pessoas a ir atrás do seus sonhos. “Não importa o que você quer, nada pode te impedir de realizar os seus sonhos. Quando você acredita, tudo acontece. Respeite as diferenças.”

Assista a entrevista na íntegra:

*Por: Jéssica Fonseca / foconoticiasbr