Termina período da piracema na região

260

Piracema no Estado de São Paulo começou dia 1º de novembro de 2019. Mas apesar de a pesca ser liberada novamente existem algumas regras que os pescadores devem seguir.

O período da piracema terminou nesta sexta-feira (28) na região noroeste paulista e, com isso, a partir da meia noite deste sábado (29) a pesca voltou a ficar liberada. A piracema é o período de reprodução dos peixes.

Mas apesar de a pesca ser liberada novamente existem algumas regras que os pescadores devem seguir, como no caso da rede e tarrafa que não podem ser usadas por pescadores amadores e também da necessidade de se respeitar a captura do peixe no tamanho permitido conforme a espécie.

Para pescadores amadores, o permitido é de 10 quilos, mais uma espécie. Já para os profissionais, 400 quilos por mês. Além disso, não pode pescar menos de 500 metros de cachoeiras e encontro de rios.

“De março até outubro as restrições para amadores são o uso de redes, tarrafas e para os profissionais a malha e do tamanho das redes. Existem restrições também das localidades de onde são pescados”, afirma o tenente da Polícia Ambiental Antônio Carlos Hoffmann.

A piracema no Estado de São Paulo começou dia 1º de novembro de 2019. Ela permite aos peixes a chance de crescimento e reprodução, fases importantes para o ciclo de vida desses animais, evitando assim a diminuição dos estoques ao longo do tempo.