Secretaria de Direitos Humanos orienta crianças através do “semáforo do toque”

187

Equipe ensinou sobre as partes do corpo onde alguém pode ou não tocar; ação envolve o combate ao abuso e exploração sexual infantil.


Combater o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes de maneira lúdica. Este está sendo durante todo o mês de maio o principal objetivo da Secretaria Municipal de Direitos Humanos da Prefeitura de Votuporanga.

A equipe iniciou os trabalhos no dia 18 de maio, data marcada como o Dia Internacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, na praça central, no terminal da circular e no comércio de Votuporanga falando com a população. Foram entregues cartilhas contendo informações sobre a atuação do Conselho Tutelar, esclarecimento de dúvidas e divulgação dos telefones oficiais para denúncia.

A ação também promoveu uma conscientização de forma lúdica para que crianças entendam como se cuidar, como o “semáforo do toque”, com a utilização de uma boneca. A proposta foi explicar para as crianças toques carinhosos em lugares permitidos e toques invasivos em lugares não consentidos.

“Quanto mais conversarmos, mais vamos conseguir com que crianças e adolescentes tenham mais noção do que são os corpos e como pode ser o acesso a eles em relação a carinho e a assédio. A gente precisa pensar num trabalho preventivo”, disse o secretário Emerson Pereira, autor da ação.