Saev Ambiental executa trabalho de desobstrução na ponte sobre o Córrego Marinheiro 

422

Descarte irregular de resíduos é um dos principais causadores da obstrução do canal; milhares de garrafas pet foram removidas pelas equipes da Autarquia, que contaram com a ajuda de maquinário.


A Saev Ambiental executou na última semana o serviço de desobstrução da passagem de água na ponte sobre o Córrego do Marinheiro causada por galhos e troncos de árvores que interferiam no seu curso normal, impedindo sobretudo a passagem do efluente tratado pela Autarquia, o que é normatizado pela Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo). No local foi possível observar a presença de milhares de garrafas pet, provenientes do descarte irregular em vias púbicas. Esses recipientes são arrastados pelas enxurradas até as bocas de lobo, percorrendo através das galerias pluviais, e desaguam no leito do Córrego.

Diversas equipes estiveram empenhadas na limpeza do Córrego. Uma máquina retroescavadeira foi utilizada para auxiliar nos trabalhos de remoção dos materiais do leito. O objetivo principal é facilitar a passagem e vazão da água pelo canal, conta o responsável pelo Setor de Operação de Esgotos da Autarquia Ricardo Savoine. “Depois do intenso período de estiagem é comum verificar que as primeiras chuvas levem para os córregos uma grande quantidade de lixo descartado incorretamente, além de folhas, galhos e entulhos, obstruindo o curso normal da água. Desta forma, esse trabalho de desobstrução torna-se fundamental para facilitar o fluxo do Córrego”.

A população deve fazer a sua parte manter a limpeza dos córregos e o bom funcionamento das galerias pluviais, evitando lançar embalagens, recipientes sacos plásticos e qualquer outro tipo de resíduo nas vias públicas; entulhos maiores e arbustos de árvores devem ser descartados em um dos três Ecotudos da Saev Ambiental. Outra recomendação é que, no período chuvoso, o lixo doméstico seja colocado nas lixeiras suspensas. Já nos locais sem o equipamento, o lixo deve ser colocado na rua próximo do horário de recolhimento.

“Esta é uma iniciativa que deveria ser abraçada por todos. A população precisa fazer o que lhe é devido, colocando o lixo no lugar correto, e no horário definido. Algumas práticas são simples e geram resultados satisfatórios, seja para o meio ambiente quanto para a qualidade de vida dos próprios cidadãos”, ressaltou o superintendente da Saev Ambiental, Antônio Alberto Casali.

Ecotudo 

Os pontos de recebimento de resíduos descartáveis domiciliares dos Ecotudos Norte, Sul e Oeste permanecem abertos ao público, inclusive nos feriados e aos finais de semana, das 7h às 19h. 

O endereço das unidades dos Ecotudos são: Ecotudo Sul – Av. Conde Francisco Matarazzo nº 1793, no Jardim das Palmeiras I; Ecotudo Norte – Avenida Sete nº 240, no Distrito Industrial I; e Ecotudo Oeste – Vicinal Nelson Bolotário s/nº.