Plantas aquáticas provocam morte de peixes em represa de Votuporanga, diz Cetesb

206

Proliferação de algas reduziu a quantidade de oxigênio na água e, consequentemente, provocou a mortandade. Problema e causado pelo excesso de nutrientes, devido ao lançamento de restos de alimentos, iscas e rações por atividade da pesca amadora.


Peixes foram encontrados mortos em uma represa que fica na área urbana de Votuporanga/SP.

De acordo com a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), a proliferação de algas reduziu a quantidade de oxigênio na água e, consequentemente, provocou a mortandade.

A represa é usada diariamente por pescadores e moradores. As plantas aquáticas também apareceram no ano passado, mas é a primeira vez que tantos peixes aparecem mortos.

Ainda segundo a Cetesb, a proliferação das algas é provocada pelo excesso de nutrientes, devido ao lançamento de restos de alimentos, iscas e rações por atividade da pesca amadora.

Por conta da situação, um relatório técnico é elaborado para proibir a pesca na represa de Votuporanga.

Represa de Votuporanga está tomada por plantas aquáticas — Foto: Reprodução/TV TEM

*Informações/G1