Pessoas em situação de rua recebem sopa e doações da Secretaria de Direitos Humanos

324

Ação foi feita em parceria com o Restaurante Porco na Brasa; foram entregues 100 marmitas, pães, cobertores e meias.


Durante esses dias de temperaturas mais baixas, a Secretaria Municipal de Direitos Humanos da Prefeitura de Votuporanga vem realizando várias ações sociais para as pessoas em situação de rua.

Na última sexta-feira (2), a Secretaria recebeu uma importante doação do restaurante Porco na Brasa. Foram preparadas 100 marmitas de sopa, enriquecida com carne, legumes e macarrão, entregues junto com pães. Desta forma, as pessoas beneficiadas podem se alimentar de maneira imediata.

O empresário Deubler Barbosa e esposa Aline explicaram que o objetivo da doação foi alimentar as pessoas em situação de rua, já que muitas não têm condições de preparar seu próprio alimento. “Não poderíamos ficar parados e decidimos ajudar. Nós fizemos essa sopa graças à parceria com o supermercado Maranata e Casa de Carnes Frigorio. Enquanto durar essas noites frias, estaremos fazendo a nossa parte, contribuindo para amenizar as dificuldades enfrentadas por esse público, nesta época, com a doação de sopa. Nossa intenção será sempre colaborar”.

As marmitas de sopa foram entregues em pontos estratégicos, como por exemplo na avenida Deputado Áureo Ferreira, na região da Concha Acústica e praça Matriz. A equipe também fez entregas nos bairros Chácara da Aviação, Estação e Matarazzo.

Na opinião do secretário de Direitos Humanos, Emerson Pereira, foi uma satisfação receber a doação do restaurante Porco na Brasa. Além disso, foi feito o repasse de meias e cobertores, todos doados por demais voluntários.

“Agradecemos a todos os envolvidos por nos ajudar nessa época. Já doamos cobertores, juntamente com o Fundo Social de Solidariedade, com a primeira-dama Rose Seba, na praça Santa Luzia e demais pontos. Fazemos a nossa parte, que é ajudar quem mais precisa. Que todos ajudem, doando roupas, agasalhos, cobertas e colchões que não são mais usados”, disse.