Ossada encontrada na área urbana de Votuporanga pode ser de mulher desaparecida há dois anos

1684

Segundo a Policia Militar, a ossada humana foi encontrada por um homem que passava pelo bairro das Paineiras e teria dado o alerta. A suspeita é de os restos mortais sejam de Elizabheti Merlotti Gianesi dos Santos, desaparecida desde o dia 26 de agosto de 2017; exames  realizados pela Policia Cientifica poderão confirmar a suspeita.

A ossada humana foi encontrada na tarde desta quinta-feira numa mata localizada no final da avenida José Silva Mello, ao lado do Centro Esportivo “Victor Hugo”, no bairro das Paineiras, em Votuporanga.

De acordo com informações da Polícia Militar, o homem passava pelo local quando visualizou um crânio humano e acionou uma viatura da corporação que passava pela área.

Os militares foram até o referido local e constataram que havia uma ossada humana, coberta por vegetação. A Polícia Científica foi acionada, assim como policiais civis da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) que periciaram a cena dos fatos e recolheram os restos mortais até o IML (Instituto Médico Legal), onde um laudo apontará a identidade do corpo e as causas do óbito.

Ainda segundo informações, próximo da ossada, haviam diversos objetos como: óculos, documentos pessoais, cartões de banco, um frasco de remédio controlado, dentre outros.

Desaparecimento de Elizabheti

Acredita-se que a ossada humana seja de Elizabheti Merlotti Gianesi dos Santos – que atualmente teria 30 anos – desaparecida desde o dia 26 de agosto de 2017, quando segundo informações repassadas pela família, teria desaparecido do bairro Cidade Nova, onde morava.

O caso desde então era acompanhado pelos investigadores da DIG.