Hery Kattwinkell diz que veículos da Saúde estão parados por falta de seguro

345
A nova frota foi anunciada recentemente com grande publicidade na imprensa local

O vereador Hery Kattwinkell usou as redes sociais recentemente para denunciar que veículos adquiridos pela Prefeitura Municipal, para serem usados na área da Saúde, estão parados desde janeiro deste ano por falta de seguro. Segundo o vereador a prefeitura ainda não realizou o procedimento por falta de recursos.

“Oficiamos a prefeitura (10/09) para solução imediata e que estes veículos estejam à disposição da população e dos pacientes!”, disse no vídeo Kattwinkell.

Na denuncia, o vereador esteva no fundo da Policlínica, anexo a Secretaria da Saúde. “Nós recebemos uma denuncia de que os carros estão parados e proibidos de circular. São carros novos adquiridos pela Prefeitura. Eles foram apresentados à cidade. A prefeitura se gabou pelas mídias que realizou um grande investimento, mas eles estão aqui parados, sem utilização”, disparou o vereador.

Hery ainda disse que os carros estão sob sol, parados, sem nenhuma utilização. Eles poderiam estar servindo a Secretaria da Saúde, efetivamente a trabalho para a população.. Marqueteiros de plantão! Adianta falar que adquiriu veículos se eles não podem circular!”, falou o vereador.

Hery no mesmo dia confirmou com a secretaria de Saúde, Marcia Reina, e com servidores da Pasta, que os veículos realmente estão sem seguro. “É muito marketing e pouco trabalho!”, finaliza Kattwinkell.

Nota Oficial

Em Nota Oficial, a Prefeitura de Votuporanga informa que uma nova licitação foi aberta na modalidade Pregão Presencial, do tipo menor preço total por lote, objetivando a contratação de empresa seguradora para prestação de serviços de apólices de seguro de veículos da Secretaria Municipal da Saúde.

A Administração Municipal ressalta que assim que foram adquiridos os veículos para a Secretaria, foi aberto um processo licitatório para contratar empresa seguradora, no entanto, uma das empresas interessadas entrou com pedido de impugnação e a licitação foi suspensa para análise da Procuradoria Geral do Município que orientou pela abertura de um novo procedimento. Dessa forma, a nova licitação será no dia 30 de setembro, às 15h, no Paço Municipal. A estimativa é que dentro de 10 dias após abertura da licitação, se tudo correr conforme o previsto no procedimento, a Prefeitura já tenha o serviço contratado.