Governo de SP suspende medidas restritivas aos fins de semana

419

Votuporanga/SP continua na fase laranja do plano de flexibilização econômica. A reclassificação estadual está prevista para sexta-feira (5), com vigência a partir da próxima segunda-feira (8).


O governo de São Paulo decidiu suspender nesta quarta-feira (3) o decreto que coloca todo o estado na fase vermelha, a mais restritiva, do plano de flexibilização econômica aos finais de semana. Com o anúncio, a medida em vigor desde o dia 25 de janeiro e que permaneceria até 7 de fevereiro, deixa de valer já no próximo sábado (6). 

Com isso, locais como bares, restaurantes e parques poderão funcionar, desde que o uso obrigatório de máscara e álcool em gel seja respeitado. Cidades como Votuporanga/SP, na fase laranja, podem liberar atendimento presencial em comércios e serviços não essenciais das 6h às 20h nos dias úteis e fins de semana.

Venda de bebidas alcoólicas em lojas de conveniência só pode ocorrer entre 6h e 20h. Somente a partir da fase verde, a mais branda, é que essa comercialização poderá voltar a ser feita sem restrições.

De acordo com a gestão Doria, as medidas restritivas já provocaram melhora nos indicadores de saúde e que, por isso, foram canceladas antes do prazo inicial previsto.

“Tivemos felizmente queda em internações em todo o estado de São Paulo, tanto em leitos primários quanto em leitos de terapia intensiva (UTI), o que nos permite suspender a decisão de fechamento de atividades econômicas já neste final de semana em todo o estado. Tivemos uma diminuição de 11% no número de internações por Covid-19 nos leitos públicos e privados e o governo entende que podemos permitir que as atividades de fim de semana sejam retomadas”, afirmou o governador João Doria.

Sobre a campanha de vacinação, o governador João Doria anunciou que os idosos com mais de 90 anos começarão a ser vacinados a partir da próxima segunda-feira (8). A expectativa é de que, até o dia 23 de fevereiro, 600 mil vacinas fabricadas pelo Instituto Butantan sejam enviadas diariamente para o Ministério da Saúde.

Auxílio a setor de bares e restaurantes

Durante a coletiva, o governo também anunciou medidas para auxiliar o setor de bares e restaures, que fez diversas mobilizações nos últimos dias, contra as restrições complementares de funcionamento.

O pacote prevê R$ 125 milhões de crédito, além da suspensão do corte do fornecimento de gás e água nos estabelecimentos comerciais por falta de pagamento até o final do mês de março. Ainda segundo o governo, as contas pendentes vão poder ser parceladas sem juros e multas.

Também foi divulgado que o protesto de débitos inscritos na dívida ativa será suspenso por 90 dias para que os empresários tenham capacidade de adquirir financiamento.

O que funciona na Fase Laranja

(Esta fase sofreu alterações no dia 5 de janeiro e passou a ser mais permissiva) 

  • Todos os setores de comércio e serviços passam a ser permitidos. A exceção é o atendimento presencial em bares, que continua proibido. 
  • Capacidade de ocupação: antes era de 20% e vai para 40% em todos os setores. 
  • Funcionamento máximo: ampliado de 4 para 8 horas por dia. 
  • Horário de fechamento: atendimento presencial só poderá ser feito até 20h. 
  • Parques estaduais, salões de beleza e academias: poderão abrir. 

A reclassificação do Plano SP está prevista para sexta-feira (5), com vigência a partir da próxima segunda-feira (8). De acordo com a classificação atual, 82% da população do estado está na fase laranja, e 18% na etapa vermelha.