Governo de SP dá início aos testes da vacina contra o coronavírus

329

Doses chegaram na madrugada de hoje no Aeroporto Internacional de Guarulhos e começarão a ser aplicadas hoje no Hospital das Clínicas, em São Paulo

O Governador João Doria anunciou nesta segunda-feira (20) o início dos testes da CovonaVac, vacina contra o coronavírus, no Brasil. O Instituto Butantan receberá as doses de imunizantes e placebos que serão utilizados na realização da terceira fase de ensaios clínicos para desenvolvimento da vacina, em parceria com a farmacêutica Sinovac Life Science. A carga com 20 mil doses, proveniente da China, desembarcou durante a madrugada de hoje no Aeroporto Internacional de Guarulhos e será levada à sede do Instituto Butantan para ser verificada. Em seguida, será distribuída aos 12 centros de pesquisa responsáveis pelo recrutamento, aplicação e acompanhamento dos voluntários.

” Vamos informar à opinião pública brasileira e internacional sobre a evolução de cada resultado, respeitando os critérios éticos, científicos e contratuais da pesquisa. É um grande dia para a ciência brasileira. Um dia de esperança para milhões de brasileiros e também de habitantes de outros países onde essa vacina deverá ser também aplicada”, disse Doria.

Os testes da vacina, uma das mais avançadas do mundo, começam nesta terça-feira (21) no Hospital da Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, na capital paulista. A terceira fase de testes no HC será direcionada a 890 voluntários. Os pesquisadores do hospital vão analisar os voluntários em consultas agendadas a cada duas semanas. A estimativa é concluir as primeiras análises em até 90 dias.