“E aí, governador, vai pagar a minha água?”, questiona dono de academia, em Fernandópolis

445

Empresário postou vídeo nas redes sociais para questionar o governador João Doria que decidiu manter o comércio fechado até o dia 31.

O empresário de Fernandópolis, Aparecido Junior, proprietário da Academia Movimento, postou, nesta terça-feira, 19, um vídeo de desabafo nas redes sociais, criticando as medidas do governador João Doria (PSDB), que ampliou o período de quarentena até o dia 31. Ele fez uma série de críticas ao tucano por manter o comércio fechado devido à pandemia da Covid-19.

Aparecido Junior contou que se viu obrigado a fechar as portas e como não teve chance de se programar para essa eventualidade prevê o pior. “Muito difícil. Os bancos, supermercados, entre outros comércios estão abertos, aglomerando pessoas. A minha academia está fechada. Conta de água, de energia e a mensalidade da escola do meu filho estão atrasadas. E aí, governador, como que eu faço?”, questiona Junior.

Durante o vídeo o empresário ainda salienta que muitos colegas estão na mesma posição e prevê um futuro difícil para o município. “As outras academias que possuem aluguel para pagar, como eles (empresários) vão fazer? Todos precisam trabalhar. Como eles vão fazer governador? Nós merecemos uma contribuição. Muitas empresas vão ‘quebrar’ no município. Está na hora de ver isso. E aí, governador, vai pagar a minha água, a minha energia e a escola do meu filho?

PLANO DE AÇÃO

Com a flexibilização de alguns setores produtivos, em Fernandópolis, donos de academias, em recente reunião com o prefeito André Pessuto, solicitaram a reabertura gradual das academias. Na oportunidade, um plano de ação com protocolos de segurança, respeitando as orientações de prevenção à covid-19, foi apresentado pelos empresários.

O objetivo da reunião foi sensibilizar o Executivo sobre a possibilidade de retorno das atividades, sem que afete a saúde da população, porém, os empresários foram informados de que o prefeito André Pessuto seguirá o decreto estadual. (Breno Guarnieri  – O Extra Net)