Dono de barco visto navegando vazio tinha saído para buscar parente que acampava, diz família

664
Bombeiros procuram dono de barco visto navegando vazio no Rio Tietê, entre Araçatuba e Santo Antônio do Aracanguá — Foto: Arquivo Pessoal

Barco de José Mantovani, de 60 anos, foi visto próximo à ponte que liga as cidades de Araçatuba e Santo Antônio do Aracanguá (SP), no Rio Tietê.

Bombeiros e familiares continuam buscando pelo pintor José Mantovani, de 60 anos, dono do barco que foi flagrado navegando sozinho no Rio Tietê. Segundo a família, José desapareceu depois de sair de casa para buscar um parente que acampava com dois amigos às margens do rio.

De acordo com a filha da vítima, José estava almoçando no rancho da família, que fica em Santo Antônio do Araranguá (SP), quando recebeu uma ligação para buscar os três homens.

Em seguida, Mantovani saiu sozinho e entrou na embarcação, usando colete salva-vidas. Uma hora depois, o parente ligou para a família perguntando se José já havia saído do rancho.

Ainda segundo a filha do pintor, a família ficou preocupada, pediu ajuda para um pescador e depois acionou o Corpo de Bombeiros, que encontrou o barco dele com o motor ligado e navegando sozinho.

Na segunda-feira (28), um colete salva-vidas e um boné do pintor foram encontrados pelas equipes. As buscas por José continuaram na manhã desta terça-feira (28). A família suspeita de que o homem possa ter batido o barco em uma galhada e caído na água.