DISE apreende 100 quilos de maconha em Votuporanga

650

A DISE de Votuporanga prendeu dois homens por tráfico de drogas na tarde desta quarta-feira, 27, em Votuporanga.  As investigações estavam sendo realizadas há alguns dias, e nesta data a ação dos policiais da Delegacia Especializada iniciou-se em uma praça na Rua Porto Alegre onde foram apreendidos aproximadamente, um quilo e meio (1,5 Kg) de maconha e uma balança de precisão que estavam na posse do investigado S.H.Q.G, de 26 anos, conhecido como “Serginho”, já com passagens pela polícia. Na sequência, os policiais foram até a residência de “Serginho”, no Bairro Bom Clima e lá encontraram mais um quilo e meio (1,5 kg) de maconha.

Prosseguindo nas diligências, os agentes da DISE foram até a casa dos fornecedores da droga, na Rua Paschoalino Pedrazoli, no Bairro Bom Clima e lá, em buscas pela residência, encontraram aproximadamente, cem quilos (100 kg) de maconha, divididos em dezenas de tabletes prensados. Foram apreendidos também, dois (2 kg) de haxixe, uma pistola calibre 635, uma garrucha calibre .38 municiada, diversas munições intactas, dois veículos e uma motocicleta Biz, além de três balanças e celulares. O casal, morador na residência da rua Paschoalino Pedrazoli, que já vinha sendo investigado pela DISE, não se encontrava no local no momento da apreensão. No entanto, foi preso naquele local, G.G.A de 45 anos, que, de acordo com as investigações, é a pessoa que trouxe a droga do Estado do Mato Grosso do Sul que foi apreendida na residência.

O casal, que já foi identificado e são conhecidos dos policiais da DISE, serão indiciados e responderão pelos crimes. As investigações prosseguirão no intuito de identificar outros integrantes da quadrilha. Os presos e toda a droga foram encaminhados para a sede da DISE, onde os dois presos foram autuados em flagrante delito, pelo Delegado Titular Dr. Marcos Koji Yoshizaki, por infração aos artigos 33 e 35 da Lei 11343/06 (Tráfico de drogas e Associação para o tráfico de drogas). Após os trabalhos de policia judiciária, os mesmos foram encaminhados para uma unidade prisional, ficando à disposição da Justiça.