Diretora do DRS de Rio Preto visita Hospital de Campanha, montado em menos de dez dias 

205

Obras serão concluídas nesta sexta-feira (2), quando equipes médicas e de enfermagem começarão a preparar o espaço para receber pacientes; local também terá sanitização e visita dos bombeiros.


Em menos de dez dias, a Prefeitura de Votuporanga conseguiu concluir as obras do Hospital de Campanha que atenderá pacientes graves da Covid-19 e foi construído por meio de parceria com empresas da cidade. Nesta sexta-feira (1º), a diretora do Departamento Regional de Saúde de Rio Preto (DRS), Silvia Forti visitou o espaço, que além de respiradores, possibilitará a realização de hemodiálise.

Neste final de semana, equipes de profissionais de saúde e sanitização prepararão o espaço para receber aqueles que necessitarem do atendimento. Policiais do Corpo de Bombeiros farão visita para liberação do alvará. A previsão dos médicos, é que o Hospital comece a funcionar na segunda-feira (5). O local terá 23 leitos com suporte respiratório. 

“O prefeito Jorge Seba e todos os envolvidos estão de parabéns por esse trabalho para salvar vidas. É um exemplo para muitos municípios, que também buscam soluções para esse momento triste da pandemia”, destacou Silvia Forti, diretora do Departamento Regional de Saúde de Rio Preto.

A montagem do Hospital foi um pedido feito pelo Comitê de Enfrentamento à Covid-19 ao governo municipal e busca atender a demanda de suporte de atendimento aos pacientes graves. Com o início das atividades, o Centro de Atendimento à Covid-19 montado ao lado da UPA manterá o atendimento inicial, além dos casos leves e moderados. “Aqueles que precisarem de leitos com ventilação mecânica, que são os respiradores, serão transferidos para o Hospital de Campanha até conseguirem vaga em UTI pelo sistema Cross”, explicou Ivonete Félix, secretária da Saúde de Votuporanga.

Este é o primeiro Hospital de Campanha construído com recursos próprios do município em parceria com iniciativa privada na região de Rio Preto e que contará com auxílio do Estado no custeio e alguns equipamentos. Durante a visita de Silvia, o prefeito Jorge Seba ressaltou os esforços e a união de Votuporanga para que o Hospital fosse construído em tempo acelerado.  

“Não podemos esperar para salvar vidas. As soluções precisam ser imediatas. Agradeço aos empresários que fizeram as suas doações para que toda essa estrutura fosse possível ser levantada em menos de dez dias. Também agradeço a todos os profissionais que estiveram envolvidos nessa obra. Todos foram essenciais”, finalizou Jorge Seba. 

*Foto: prefeitura de Votuporanga