Cram realizará transmissão ao vivo sobre o Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra a Mulher

314
 25 de Novembro Dia Internacional pelo fim da violência contra a Mulher.

A data de 25 de novembro marca uma causa humanitária que tem como objetivo alertar a sociedade sobre os casos de violência conjugal, doméstica, física, psicológica, exclusão, discriminação, assédio sexual, entre outras que impactam fortemente a saúde física e mental das mulheres.

Debater, denunciar e mobilizar a sociedade para as discussões pelo fim da violência contra as mulheres é o principal intuito das ações promovidas pelo CRAM – Centro de Referência de Atendimento às Mulheres Vítimas de Violência, com apoio da Prefeitura de Votuporanga.

Ação será às 19h do dia 25 de novembro  dia em que é celebrada a data, com transmissão pelo canal do Cram no Youtube (Cram Votuporanga) e contará com a presença da Coordenadora do órgão, a Assistente Social e especialista em Gestão de Políticas Públicas Kelli Regina Kamikawachi, a Psicóloga e especialista em Psicologia da Saúde Hospitalar Gabriella Barbosa Alves e a advogada e especialista em Direito Penal e Processual Penal Degmar Guedes.

Segundo a responsável pelo Cram no município Kelli Regina, neste ano até outubro, 2.050 mulheres foram atendidas pelo órgão. Os números apontam que os tipos de violência mais registrados são físicos e psicológicos por companheiros e ex-companheiros da vítima.

Kamikawachi, explica que os números não condizem com a realidade observada durante a pandemia da Covid-19.

“Muitas mulheres se encontravam e se encontram com restrições para realizar a denúncia, seja porque estão confinadas com o agressor, porque são afetadas pelas restrições de mobilidade urbana ou por conta das mudanças de regime de funcionamento das delegacias de polícia.”

Denúncias

Com a pandemia, foi necessário criar-se algumas estratégias para a denúncia, além do Disque 180, que é uma Central de Atendimento Nacional que redireciona os casos para cada Município, podendo serem citadas as plataformas da política de Segurança Pública através das polícias Civil e Militar; a Ouvidoria das Mulheres, que pode receber denúncias pelo WhatsApp (61) 3315-9476 ou pelo e-mail ouvidoriadasmulheres@cnmp.mp.br (criada pelo Conselho Nacional do Ministério Público); o X indicado na palma da mão (criado pelo Conselho de Farmácia), dentre outros.

Em Votuporanga, o Cram fica na Rua São Paulo, n.º 2959, Centro. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h. O telefone para mais informações é o (17) 3423-5367.