Colégio Adventista entrega cartas para os profissionais de saúde

223

Mais de 200 alunos, do Maternal até o 9º ano do Ensino Fundamental, participaram do projeto, trazendo afago e muito amor.


Nas pequenas mãos dos pequenos da Educação Infantil do Colégio Adventista, traços firmes no papel. Os limites das cores vão além das linhas, com toda aquela pressa e coordenação de quem está iniciando sua atividade na escola. 

E as “obras de arte” têm um destino: os profissionais da Santa Casa de Votuporanga. Os alunos do Maternal podem não entender de pandemia, do Coronavírus ou de como tudo mudou com este novo vírus. Mas eles já aprenderam a importância de demonstrar o amor para quem precisa. 

E não estão sozinhos nesta tarefa. Os estudantes do primeiro ao nono anos se dedicaram a um projeto especial neste mês: apoiar médicos e colaboradores do Hospital. Com cartas e apoio dos professores, eles deixaram seu carinho e seu incentivo para aqueles que estão na linha de frente de combate à COVID-19. 

Matheus Henrique Franco Ferreira, do segundo ano; Arthur de Assis Silva Santos, do terceiro ano; Douglas Carvalho Gualberto e Benjamim Leite Pelegrini Gualberto, dos quartos anos; João Ronaldo Leite Gualberto, do nono ano, foram os representantes oficiais do Colégio na Instituição. 

Acompanhados do diretor Francisco de Assis Silva dos Santos e da coordenadora Professora Denise Paim, estiveram no Hospital para entregar as cartas. Por conta da restrição às visitas, eles deixaram os bilhetes com a equipe da Instituição, que entregará para os profissionais. 

O diretor explicou a ação. “Todo ano temos uma programação especial em fevereiro. São 10 dias em oração pelas famílias dos alunos e funcionários. Neste momento atípico na área da saúde, também clamamos para que Deus proteja os profissionais do Hospital. Além disso, eles produziram 234 cartinhas em agradecimento por estarem na linha de frente. Agradecemos ao Senhor pela oportunidade de trazer esse afago”, disse Francisco. 

O provedor da Santa Casa, Luiz Fernando Góes Liévana, agradeceu a iniciativa. “Vocês demonstraram o amor por nossa equipe. Atitude que nos deixa muito emocionados. Em meses de pandemia, nosso trabalho segue incansável. Nossos médicos, colaboradores, profissionais se dedicam integralmente aos pacientes, em jornadas exaustivas. Por isso, essas cartas têm tanto significado. São instrumentos de estudantes que deixaram seu carinho, sua consideração. Agradecemos pelo projeto e orações. Tenho certeza de que, com vocês, o futuro será ainda mais promissor”, finalizou.