Brasil chega a 26 milhões de vacinados contra covid, 12,29% da população

256

O levantamento é do consórcio de veículos de imprensa, com base nos dados fornecidos pelas secretarias estaduais de saúde.

Neste sábado (17), o Brasil superou a marca de 26 milhões de vacinados contra a covid-19. No total, 26.024.553 de brasileiros receberam pelo menos uma dose da vacina contra a doença, o equivalente a 12,29% da população nacional. O levantamento é do consórcio de veículos de imprensa, com base nos dados fornecidos pelas secretarias estaduais de saúde.

De ontem para hoje, 246.610 pessoas receberam a primeira dose de imunizante. Já a segunda dose foi aplicada em 344.826 outras no mesmo período. É o segundo dia seguido no qual a distribuição da segunda dose supera a da primeira.

Até o momento, 9.479.785 brasileiros receberam as duas doses da vacina, conforme a recomendação dos laboratórios responsáveis pela produção da CoronaVac e da Oxford/AstraZeneca. O número corresponde a apenas 4,48% da população do país.

O Rio Grande do Sul continua como o estado que, proporcionalmente, mas aplicou a primeira dose: 16,89% de seus habitantes.

Em termos percentuais, o estado de São Paulo lidera quanto à aplicação da segunda dose, com 6,49% da população local.

Pressão política atrasa vacinação de idosos no Brasil, diz pesquisa da USP

A pressão política e econômica é a razão apontada por pesquisadores da USP (Universidade de São Paulo) e UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) para acusar a “preocupante” demora na vacinação de idosos no Brasil três meses após seu início no país.

De acordo com os dados do estudo a que o UOL teve acesso com exclusividade, nem os idosos com mais de 80 anos foram totalmente vacinados: 87% deles receberam a primeira dose e 66% ainda aguardam a segunda.

O Ministério da Saúde afirma que “não mede esforços para dar celeridade à imunização” e que o país “ocupa a posição do 5º país que mais vacina e o 9º no ranking global por 100 mil habitantes” (leia resposta completa abaixo).

Entre os idosos com idade entre 70 e 79 anos, a média brasileira é de 77% de imunizados com a primeira dose e de apenas 19% com a segunda. Já entre aqueles com idade de 60 a 69 anos os imunizados não passam de 29% —2% receberam a segunda dose.

Veículos se unem pela informação

Em resposta à decisão do governo Jair Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia de covid-19, os veículos de comunicação UOL, O Estado de S. Paulo, Folha de S.Paulo, O Globo, G1 e Extra formaram um consórcio para trabalhar de forma colaborativa para buscar as informações necessárias diretamente nas secretarias estaduais de Saúde das 27 unidades da Federação.

O governo federal, por meio do Ministério da Saúde, deveria ser a fonte natural desses números, mas atitudes de autoridades e do próprio presidente durante a pandemia colocam em dúvida a disponibilidade dos dados e sua precisão.

*Com informações do UOL