Bolsonaro usa em processo contra seu partido reportagem do jornal BOM DIA de Rio Preto

610

De posse de dois áudios, o jornal tornou público o esquema de venda de diretórios do PSL na região de Rio Preto; Bolsonaro incluiu reportagem em processo; atual presidente, Paulo Bassan é citado.

JAIR VIANA –

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) usa em um processo contra seu partido, reportagem do BOM DIA – jornal de Rio Preto) publicada no dia 24 de janeiro deste ano, que denuncia a venda de diretórios da legenda na região de São José do Rio Preto. O caso foi denunciado por duas mulheres que tiveram seus nomes preservados. Elas afirmam que o vereador Ismael Soares (SD), do pequeno município de Jaci, teria vendido o partido por R$ 60 mil.

Na época da denúncia, o vereador Ismael, enfurecido, negou as acusações mas nunca quis dar entrevistas sobre o assunto. O mais grave da reportagem é que o atual presidente do PSL em Rio Preto, pretenso candidato a prefeito nas eleições do ano que vem, o médico Paulo Bassan, é citado como um dos que teriam “comprado” o direito de dirigir a agremiação. “Só desse rapaz ai, ele (Ismael) pegou R$ 60 mil”, diz uma das mulheres dois áudios, referindo a Bassan.

O presidente Jair Bolsonaro, desde a semana passada briga com a direção nacional do partido e diz que vai se transferir para outra legenda. Ele denunciou o presidente nacional Luciano Bivar. Bolsonaro está irritado, pois Bivar destitui seus filhos, senador Flávio e o deputado federal Eduardo, do comando do partido, no Rio e em São Paulo.