Aeronave que caiu na Serra da Cantareira em SP pertence a empresário que atua na região Rio Preto

494
O piloto, único ocupante, morreu na queda.

O avião, que pertence ao empresário Setímio de Oliveira Sala, decolou de Jundiaí para o Campo de Marte, em São Paulo, quando controladores de tráfego aéreo perderam contato nos radares.

A aeronave que caiu na manhã desta segunda-feira, dia 2, na Serra da Cantareira, região norte da cidade de São Paulo, pertence ao empresário Setímio de Oliveira Sala, dono da Alsa Fort, empresa de segurança.  O avião decolou de Jundiaí para o Campo de Marte, em São Paulo, quando controladores de tráfego aéreo perderam contato nos radares. O piloto, único ocupante, morreu na queda.

De acordo com informações, a Aeronáutica solicitou a ação do Corpo de Bombeiros após perceber ausência do sinal da aeronave na região da Serra da Cantareira. O helicóptero da Polícia Militar foi acionado e localizou o local da queda. A aeronave, um bimotor King Air, prefixo PP-BSS, caiu em uma região de mata de difícil acesso.

O Corpo de Bombeiros informou que foram empenhadas 11 viaturas e 27 bombeiros. “Infelizmente não foram localizados sobreviventes, apenas despojos mortais”, informou pelo Twitter a corporação paulista. Os socorristas tiveram que usar um helicóptero para chegar até lá e descer de rapel (técnica com uso de cordas).

As causas do acidente serão apuradas pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa).