Votuporanga segue Fase de Transição do Plano SP

182

Decreto será publicado neste sábado (17). Toque de recolher das 20h às 5h está mantido; atividades religiosas também poderão retomar as reuniões presenciais já a partir deste domingo, com 25% da capacidade, mantendo os protocolos sanitários. Academias e salões de beleza voltarão a abrir no dia 24 de abril por decisão da Justiça.


A partir deste domingo (18), Votuporanga entrará na Fase de Transição do Plano SP até o dia 30 de abril. O Decreto Municipal com as normas locais será publicado no Diário Oficial Eletrônico deste sábado e seguirá as determinações da nova fase anunciada pelo Governo do Estado.

Entre as ações mantidas, está o toque de recolher, das 20h às 5h, e o atendimento presencial, de segunda a sábado, das 6h às 20h, em supermercados, hipermercados, mini-mercados, mercearias, armazéns, açougues, padarias, peixarias, quitandas, hortifrutis e rotisserias.

Durante a vigência do novo Decreto Municipal, estabelecimentos comerciais em geral poderão atender presencialmente com 25% da capacidade, das 9h às 17h, mantendo os protocolos sanitários disciplinados pelo Plano SP.

Missas, cultos e atividades religiosas também poderão retomar as reuniões presenciais já a partir deste domingo (18/4) com 25% da capacidade, mantendo os protocolos sanitários.

Feiras livres poderão funcionar de segunda a sexta, das 12h às 20h, no entanto, continua proibido consumo no local. Indústrias poderão atuar com 100% da capacidade.

Atendendo a uma determinação judicial, academias e salões de beleza voltarão a abrir no dia 24 de abril, segunda semana de vigência da Fase de Transição do Plano SP. Restaurantes, lanchonetes e pizzarias, espetarias, sorveterias, pastelarias, petiscarias e similares poderão iniciar atendimento presencial com 25% da capacidade e público sentado também a partir de 24 de abril. Ambos os estabelecimentos poderão funcionar por até 8 horas diárias, entre 6h e 20h.

Cinemas, teatros, museus e outras atividades culturais voltarão a atender presencialmente a partir de 24 de abril respeitando o limite de 25% da capacidade e com público sentado, por até 8 horas diárias, entre 6h e 20h.