Votuporanga recebe visita técnica na área onde será construída a Casa da Juventude

231

Prefeito Jorge Seba recebeu profissionais da área da edificação civil; previsão do início das obras é até o final do ano.


Na manhã da última terça-feira (20), o prefeito Jorge Seba recebeu técnicos que vieram discutir sobre a construção da “Casa da Juventude” que, por intermédio do deputado Carlão Pignatari, Votuporanga foi beneficiada.

O gerente de convênio de obras da Prefeitura, Éder Melo; Mateus Modesto Santos, do setor de orçamentos e o secretário de Obras, Salvador Castrequini, acompanharam o engenheiro da Secretaria do Desenvolvimento Regional lotado na CDHU, Takeo Shioya à visita na área onde será construída a unidade. O anúncio da construção, que será na av. Prefeito Mário Pozzobon, esquina com a av. José Martins Miraveti em uma área de 240m2, foi feito no dia 04 de maio em São Paulo pelo prefeito Seba.

O “Casa da Juventude” é um projeto estadual com investimento de R$20 milhões, que serão divididos entre os municípios contemplados, para criação de espaços multiuso que vai colaborar na iniciação dos jovens na vida profissional, por meio de equipamento que terão ações de incentivo à qualificação, empreendedorismo, busca de oportunidades de emprego e renda, além de trabalho colaborativo para estimular a criação de novos projetos e negócios entre o público juvenil.

“O espaço, construído pelo Governo Estadual, será dedicado para a formação dos nossos jovens, com cursos, espaços para troca de experiências e incentivo ao empreendedorismo. Assim vamos desenvolver competências, habilidades e atitudes através de qualificação e apoio ao jovem no início da sua vida profissional”, destacou Seba durante o anúncio no evento na época.

Com previsão do início das obras até o final do ano, o projeto será administrado pela Secretaria de Desenvolvimento Regional e contará com a participação das Secretarias de Desenvolvimento Econômico; Cultura e Economia Criativa; e Habitação, por meio da CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano). A Secretaria de Desenvolvimento Regional vai fazer a articulação com as Prefeituras e formalizar convênios para criação dos espaços.