Votuporanga fecha duas escolas por casos confirmados de Covid-19

2301

Nas escolas estaduais Esmeralda Sanches da Rocha e Cícero Barbosa Lima Junior três profissionais da educação testaram positivo para Coronavíus; outras duas unidades também registraram afastamentos por casos suspeitos.


Duas escolas estaduais em Votuporanga/SP amanheceram nesta quinta-feira (25) com os portões fechados após dois professores testarem positivo para Covid-19 nos últimos dias.  

De acordo com o coordenador da Apeoesp (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo), subsede Votuporanga – José Vanderlei Corsini, até o momento, dois profissionais da educação estão em quarentena; inclusive, estando uma professora hospitalizada. 

A reportagem do Diário de Votuporanga tentou contato telefônico com os estabelecimentos de ensino: Escola Estadual Profª. Esmeralda Sanches da Rocha, na zona sul da cidade; e Escola Estadual Cícero Barbosa Lima Junior, no bairro Vale do Sol, mas não foi atendida. 

Ainda segundo Corsini, o grupo dos contaminados pelo vírus pode ser ainda maior, uma vez que na zona norte da cidade, na Escola Estadual ProfªEnny Tereza Longo Fracaro, três professores estão em quarentena e aguardam resultados de testes. Já no centro, na Escola Estadual “Prof. Dr. José Manoel Lobo”, um profissional da educação também está afastado, sendo tratado como caso suspeito para Covid. As duas unidades de ensino continuam em funcionamento. 

Uma professora da rede estadual que preferiu não se identificar, contou à reportagem que o medo do contágio é presente desde o retorno do trabalho presencial nas unidades de ensino: “Todos temos que voltar a trabalhar, voltar estudar, mas não diante dessa pandemia que está avançando assim sobre nós. Tem aglomeração, isso é inegável. Ficamos expostos em diversos momentos do dia a dia, como por exemplo em reuniões de planejamento, as vezes em espaços em que não é possível garantir o distanciamento social.” 

Educadora ainda comentou sobre a demora da imunização da categoria; contudo, sobre o assunto o secretário da Educação do estado de São Paulo, Rossieli Soares, disse em entrevista no programa “Roda Viva”, da TV Cultura, que os professores não podem ser vacinados contra a covid-19 antes de grupos prioritários, devido à escassez de doses neste momento. 

Nos municípios classificados nas fases vermelha ou laranja do Plano SP, onde permanece Votuporanga/SP, a presença foi limitada em até 35% dos alunos matriculados. 

O Diário de Votuporanga tentou contato telefônico com a Diretoria de Ensino Região de Votuporanga, para falar com o Dirigente Regional de Ensino, mas não foi atendido. 

Até o fechamento desta reportagem, não haviam informações sobre o estado de saúde dos profissionais de educação infectados pela Covid.