Tem sedã novo nas lojas

515
Caoa Chery Arrizo 6 -Credito Caoa Chery-

 

 

 

Tem sedã novo nas lojas

Se o elétrico ainda é um sonho pelos altos preços, outro lançamento da semana é mais pé no chão. A Caoa Chery inicia as vendas do novo Arrizo 6 Pro (foto destaque), sedã fabricado em Jacareí (SP) que vai custar R$ 134.990 (preço de lançamento temporário). Na tabela o valor será de R$ 139.990.

Não se trata de apenas mais uma versão. A marca mantém a estratégia de lançar a nova geração que convive com a antiga (Arrizo 6 GSX 2021, que custa R$ 117.990) apresentando sua evolução.

Sob o capô, o mesmo motor 1.5 turbo flex de 150 cv e câmbio CVT de 9 marchas, porém recalibrados, além de novos acertos de suspensão e direção em relação ao GSX.

Por dentro, monitor de ponto cego, câmera 360°, novo painel de instrumentos totalmente digital em tela LCD colorida de 10,25″ e multimídia de 10,25″. O porta-malas acomoda 570 litros.

Teria o Caoa Chery Arrizo 6 Pro, junto ao antecessor, chances de ganhar espaço num segmento já dominado por Corolla e Civic? A provável saída do Chevrolet Cruze e aumento da confiança pela marca de origem chinesa podem colocar o Arrizo6 em posição de destaque.

Elétricos avançam no Brasil

 

Van elétrica e-Expert

Nunca o país viu tantos lançamentos e investimentos de veículos eletrificados – 100% elétricos e híbridos. Só nos últimos meses foram os novos ou renovados: Chevrolet Bolt EV, Mini Cooper S E, Fiat 500e, Volvo XC40 Recharge, Peugeot e208 GT, Renault Zoe, JAC E-JS1, Audi RS e-tron GT e Volkswagen e-Delivery (caminhão leve). E vem mais por aí.

A Peugeot também anunciou para este ano a van elétrica e-Expert, tipo de veículo que é uma das soluções last mile para empresas de entregas em grandes centros urbanos.

Volks quer testar aceitação

Modelos 100% elétricos, o ID.3 e o ID.4.

A Volkswagen anunciou que trará para Brasil e Argentina dois modelos 100% elétricos, o ID.3 e o ID.4. Eles não serão vendidos e servirão, por ora, para testar a aceitação do público em eventos e test drives.

Ainda em fase de promessa, o CEO Volks América Latina, Pablo Di Si, citou que a Kombi voltará ao mercado brasileiro “elétrica”. Lá fora é chamada de ID.Buzz  e entra em produção em breve.

Redução de ICMS

Nessa convergência, o governo do estado de São Paulo anunciou a redução de ICMS de ônibus, caminhões e veículos elétricos e eletrificados de 18% para 14,5%, a partir de janeiro de 2022.

Adalberto Maluf, presidente da Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE), estima que os preços finais podem ter uma redução de 3,5%.

Pode até parecer pouco, mas para um carro de R$ 250 mil, o preço pode ser diminuído em R$ 8 mil, o suficiente para o proprietário adquirir um wallbox para carregamento mais rápido das baterias em casa ou escritório.

Até tu, Rolls-Royce?

Rolls Royce Spectre-credito-Rolls-Royce

Como curiosidade, a Rolls-Royce, que faz parte do grupo BMW, anunciou seu primeiro automóvel 100% elétrico: o Spectre, aguardado para 2023. Em 2030, todos os modelos Rolls-Royce serão totalmente elétricos.

Peugeot lança o seu 100% plugado

PEUGEOT-e208GT credito-Stellantis

PEUGEOT-e208GT credito-Stellantis

A Peugeot lançou o e-208 GT, primeiro carro 100% elétrico da marca. O hatch vai custar R$ 244.990 (preço de lançamento), com vendas apenas em São Paulo e Rio de Janeiro.

Ele traz carregador portátil que pode ser usado em tomadas de casa para carregar em… 25 horas! A alternativa é comprar um wallbox. Um modelo WEG mais em conta de 7,4 kW que carrega o carro em 6 horas custa em média R$ 7 mil.

Cada carga em casa equivale a cerca de R$ 35 a mais na conta de luz.

Boa parte dos carregadores públicos e rápidos ainda não cobram pela recarga e conforme o modelo leva de 30 a 50 minutos.

O carro mais econômico do Brasil

Onix Plus é o carro mais econômico do Brasil

Se o preço dos combustíveis está nas alturas, economia pesa bastante na hora de escolher o carro. O Inmetro acaba de divulgar sua tabela 2021 do Programa Brasileiro de Etiquetagem, com o consumo de mil modelos nacionais e importados.

O destaque é o Chevrolet Onix Plus que faz os menores consumos com etanol e gasolina. Na versão com motor 1.0 turbo manual, o sedã faz com etanol 10,1 km/l (cidade) e 12,5 km/l (estrada). Com gasolina, roda 14,3 e 17,7 km/l.

 

 

*Lucia Camargo Nunes é economista e jornalista especializada no setor automotivo. E-mail: lucia@viadigital.com.br