Queiroga compara máscara a vacina e pede esforço da população

141

Novo Ministro da Saúde se pronunciou nas redes sociais neste sábado (27) sobre pandemia e proteção individual.


O novo Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, fez um pronunciamento neste sábado (27) em seu perfil no Instagram para pedir à população que continue usando máscaras como forma de proteção contra o novo coronavírus. Ele enfatizou o feriado da Páscoa e afirmou que “as máscaras ajudam a bloquear a circulação do vírus. Se todos usassem máscara, o efeito seria semelhante a vacinar toda a população do país.”

No discurso, Queiroga disse ainda que o uso desse acessório de proteção individual “é muito importante para todo Brasil”, por isso as pessoas precisam seguir aderindo ao uso da máscara. 

“Não é com lei obrigando as pessoas a usar máscaras e multando nas ruas que vamos resolver os problemas. É questão de conscientização das pessoas. Vamos fazer um esforço, vamos agir como uma nação unida”, disse ele, como um apelo para a população.

Em defesa do SUS

No discurso, o ministro ainda defendeu o SUS e reforçou o empenho do Sistema Único de Saúde no combate à pandemia. “Estamos trabalhando para ampliar a campanha de vacinação. Nós fizemos um compromisso de, no começo de abril, já vacinar 1 milhão de brasileiros por dia e essa meta está próxima de ser atingida. Na sexta-feira, ontem, vacinamos mais de 800 mil brasileiros. Isso mostra a força do programa nacional de imunizações”, afirmou.

“Fortalecer o SUS é a saída para resolver o problema da pandemia da covid-19. E a vacina é uma meta que precisa ser cumprida, levar vacina para os brasileiros desta grande nação”, completou o ministro.

*Informações/notícias.r7