Prefeito encaminha PL à Câmara para repassar R$ 2 milhões à Santa Casa

150

O valor é R$ 200 mil a mais que o repassado no ano passado, atendendo à uma reivindicação do hospital que perdeu recursos em 2021.


O prefeito Jorge Seba encaminhou, nesta quarta-feira (3), projeto de lei à Câmara Municipal para autorizar a Prefeitura a repassar em 2021 R$ 2 milhões à Santa Casa de Misericórdia de Votuporanga, através do termo de colaboração a entidades sem fins lucrativos, como previsto nas leis federais nº 13.019 (2014) e 4.320 (1964).  

 Seba foi até à Câmara Municipal, junto com o vice-prefeito Valter Benedito Peraira e o provedor da Santa Casa Luiz Fernando Góes Liévana, onde foram recebidos pelo presidente do Legislativo, Sérgio Adriano Pereira, e demais vereadores. O valor é R$ 200 mil a mais que o repassado pelo Executivo no ano passado, atendendo à uma reivindicação do hospital que perdeu recursos em 2021. 

O projeto de lei será analisado e votado pela Câmara Municipal. Se aprovado, o Município vai transferir o montante em 10 parcelas de R$ 200 mil. “Um dos nossos compromissos é apoiar a nossa Santa Casa para que ela possa atender cada vez melhor os cidadãos. Os vereadores farão a análise e se o entendimento for pela aprovação desta Casa de Leis, que esses R$ 2 milhões possam ser investidos e melhorias no atendimento à saúde em prol da população”, afirmou Seba 

Liévana agradeceu o prefeito Jorge Seba e também os vereadores. “Se aprovado, esse recurso será de suma importância, principalmente neste momento de queda nas receitas. De mãos dadas vamos buscar oferecer um serviço de saúde cada vez melhor para a comunidade de Votuporanga”, disse.  

O presidente da Câmara ressaltou a importância da atitude da Prefeitura neste momento. “Agradeço o Executivo por trazer em mãos mais esse projeto de lei, isso mostra a harmonia e o respeito entre os poderes. E que essa atitude de aumentar o recurso para o hospital sirva de exemplo para outros prefeitos da nossa região. O projeto será analisado e votado pelos nossos vereadores, sempre pensando no bem da população”, afirmou.