Pinato quer saída de Eduardo Bolsonaro da presidência de Comissão

344
O deputado federal fernandopolense Fausto Pinato

O deputado federal Fausto Pinato entrou em contencioso com uma das personalidades mais fortes da atual República: o também deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL), que ocupa o cargo de presidente da Comissão de Relações Exteriores da Câmara dos Deputados.

Pinato, junto com os deputados Perpetua Almeida (Presidente Frente Parlamentar da Cooperação entre os Países do Brics) e Daniel Almeida (Presidente do Grupo Parlamentar de Amizade Brasil/China), quer a imediata destituição de Eduardo do cargo por ofensas públicas contra a China.

Na segunda, 23, o filho do presidente escreveu — e apagou no dia seguinte — mensagem sobre o 5G, a internet móvel de quinta geração. No post, dizia que o governo brasileiro declarou apoio a uma “aliança global para um 5G seguro, sem espionagem da China”.

Pinato avaliou o post como “uma afronta às boas relações diplomáticas que construímos há mais de 45 anos e que beneficiam os dois países”, justamente o principal parceiro comercial do Brasil na atualidade.

O afastamento de Eduardo depende de ato do presidente da Câmara Rodrigo Maia.

O pai de Eduardo, o presidente Bolsonaro, até agora, se calou a respeito das ofensas proferidas pelo filho, pautada, obviamente, na defesa dos interesses americanos representados pelo quase ex-presidente Donald Trump.

A China, pela primeira vez após vários casos similares, respondeu forte e oficialmente, chegado a afirmar que (caso as calúnias persistam) “vão (os ofensores) arcar com as consequências negativas e carregar a responsabilidade histórica de perturbar a normalidade da parceria China-Brasil”. (O Extra Net)