Peixes são encontrados mortos no Rio Turvo

239
Peixes morreram por baixo oxigênio na água — Foto: Reprodução/TV TEM

Segundo a Polícia Ambiental, equipes da polícia e da Cetesb foram até o local para vistoriar e recolher água para estudo

 

Peixes mortos às margens do Rio Turvo na região de Rio Preto – Foto: Reprodução/TV TEM

 

Peixes mortos surgiram no Rio Turvo durante o fim de semana na região de São José do Rio Preto. Pescadores afirmam que o caso começou no sábado, 17.

Segundo a Polícia Ambiental, equipes da corporação e da Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) foram até o local para vistoriar e recolher água para estudo. Ainda não se sabe o que pode ter acontecido para os peixes morrerem.

“O policiamento recebeu a denúncia e fomos ao local com a Cetesb no sábado e domingo e foi constatado que teve baixa concentração de oxigênio na água, principalmente no sábado. No domingo o nível de oxigênio voltou ao normal, e visivelmente e o odor não foi possível analisar”, afirma o capitão da Polícia Ambiental Antônio Pilon.

De acordo com os pescadores, um cheiro forte de garapão – resíduo da sobra da destilação da cana-de-açúcar – foi constatado no sábado, mas o caso será investigado. Espécies como curimba, piau, lambari e cascudo foram encontrados mortos.

“A mortandade de peixe foi por causa da baixa do nível de oxigênio. É um fato atípico e cabe realmente um estudo pela Cetesb, que analisa a questão da qualidade de água recolhida”, afirma.