Pedro Bortoluzo, artilheiro do CAV, vê boa fase contrastar com lanterna na A2

466

Com três gols nas últimas três partidas, atacante não consegue comemorar momento por dificuldade do CAV em sair da última posição do estadual.

Pedro Bortoluzo tem se destacado no Votuporanguense por conta dos gols. Artilheiro do time na Série A2 do Campeonato Paulista, o atacante não consegue ficar 100% feliz, pois o CAV está na lanterna do torneio há um bom tempo, e não consegue sair dessa posição.

Nas últimas três partidas, Pedro marcou três vezes, um em cada jogo. E o atleta tem destoado da campanha geral do CAV, principalmente no ataque. O time tem apenas sete gols marcados no torneio e é o pior ataque da competição.

– É uma mistura de sentimentos. Fico feliz pelos gols estarem saindo e me cobro muito pra isso. Mas a vitória não está vindo e ficamos com gosto amargo. Vontade de soltar um grito de vitória e buscar sair dessa situação desconfortável – comenta.

O Votuporanguense está na lanterna da Série A2. Com apenas seis pontos, o time venceu apenas uma vez na competição. São três pontos de diferença para o Penapolense – primeiro na zona de rebaixamento –, e quatro pontos para o RB Brasil – primeiro fora do Z-2. Pedro não quer festejar, porque sabe que se o time cair para a Série A3, o time inteiro ficará marcado.

– Nesse momento, não temos que pensar no individual e sim no elenco, no coletivo. Todos dariam tudo para que essas vitórias saíssem e os resultados fossem positivos. Temos que trabalhar para que a situação mude. Sem vaidade, sem individualismo, dar 110% em campo por que a situação é delicada e só a gente pode tirar o time desse lugar – finaliza.

O próximo passo para o CAV poder sair dessa situação, é contra o Sertãozinho, no próximo domingo, às 10h, na Arena Plínio Marin, em Votuporanga. O duelo será válido pela 12ª rodada da Série A2.