Pai escreve livro sobre atendimento da Santa Casa

273

Obra de Alexandre Freitas relata a história do pequeno Breno, que lutou bravamente pela vida durante 10 meses.


“O livro mostra que, mesmo diante de situações extremas, sempre podemos escolher a forma como vamos agir e reagir; que não devemos nos entregar ao desespero ou à revolta; que devemos confiar em Deus e nas pessoas que lutam conosco diariamente pelo bem do próximo. Os profissionais da saúde merecem nosso respeito, consideração e admiração”. 

Essas são as palavras de Alexandre Machado de Freitas, autor da obra “Breno: uma história de amor, superação e fé”. Nele, Alexandre relata sobre o nascimento e todo o tratamento de seu único filho, a maioria de sua assistência na Santa Casa de Votuporanga. 

A história merece ser compartilhada. Breno nasceu no dia 23 de setembro de 2019, com apenas 28 semanas de gravidez. Seu peso era de 830 gramas. “Foram muitas complicações e 10 meses de internação, sendo oito meses na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal da Santa Casa e dois meses no Hospital da Criança e Maternidade, em São José do Rio Preto”, contou o pai. 

Durante todo este período, Alexandre e a mãe Ludimila sentiram a necessidade de escrever sobre Breno. “Poderíamos levar a história dele para o mundo. Dar voz a todos os pais e mães de filhos prematuros. Mesmo com todos os preparativos e precauções de uma gravidez planejada, imprevistos podem ocorrer. Foi justamente o que aconteceu, mudando nossas vidas para sempre”, disse. 

A maior parte do enredo é vivenciada em meio à pandemia causada pelo novo Coronavírus, que assolou a humanidade de todas as formas, colocando ainda mais obstáculos no dia a dia. “Este livro foi escrito para as pessoas que possuem filhos em situações difíceis ou pessoas que, porventura, passam por situações imprevisíveis. Espero que ele seja capaz de fazê-las refletir sobre a vida”, destacou. 

Em 10 meses, Breno realizou 12 cirurgias, sendo oito no intestino, três nos olhos e uma na garganta. E, mesmo com toda essa luta, os pais não se sentiram sozinhos, mas com verdadeiros anjos da guarda. “Os profissionais de saúde são pessoas enviadas por Deus e que desempenham um papel fundamental no mundo em que vivemos”, afirmou. A obra faz um agradecimento especial a todos que se envolveram na assistência ao pequeno. 

‘Breno: uma história de amor, superação e fé” será lançado no dia 17 de abril, no Parque da Cultura. Além de Votuporanga, haverá noite de autógrafo em São José do Rio Preto e Cassilândia – MS. Os direitos autorais foram doados para a Associação Beneficente Fonte Viva, Santa Casa e campanha Votu Solidária e irão beneficiar centenas de pessoas. 

O provedor da Instituição, Luiz Fernando Góes Liévana, ressaltou a iniciativa dos pais. “É uma atitude de muita força e coragem. Escrever tudo que passaram é reviver. E, meio a dor e ao luto, eles souberam transmitir paz e sabedoria para os pais que estão ou já estiveram na mesma situação. Uma iniciativa linda e que só reflete o quanto Alexandre e Ludimila são especiais”, frisou.

Luiz agradeceu parte da renda que será destinada para o Hospital. “Agradecemos imensamente. Cada recurso será destinado em prol dos nossos pacientes que tanto necessitam, em sua maioria do Sistema Único de Saúde (SUS)”, finalizou.