INVESTIGAÇÃO – Mulher sequestrada em Tanabi e criada no ES procura pela mãe

280
Simone Aparecida Pereira em vídeo gravado pela reportagem - Reprodução/A Gazeta

A mulher de 46 anos foi criada no Espírito Santo pelo próprio sequestrador e agora procura pela mãe biológica.

Uma história de sequestro, mentiras e agora em busca de um final feliz vem do Espírito Santo e chega a cidade de Tanabi, a 50,3 Km de Votuporanga. Uma história contada pelo jornal local, A Gazeta, revela a história de Simone Aparecida Pereira, de 46 anos, que foi sequestrada com apenas dois anos de idade. Após descobrir toda a verdade, Simone busca pela mãe.

De acordo com a reportagem, Neide Aparecida Pereira, no dia 7 de abril de 1975, saiu de casa para pegar lenha e, quando voltou, percebeu que sua filha não estava mais em casa. Na época a família morava em Tanabi. Na residência moravam Neide, a pequena Simone e mais dois irmãos. O marido abandonou a família. Nesta mesma época, Neide deu abrigo a Pedro Antônio Garcia, que era casado com a prima de seu ex-marido, e o filho adotivo de 14 anos.

Desde o desaparecimento de sua filha, ela já suspeitava de Pedro, porque ele também foi embora, sem deixar pistas para onde ia. Simone foi criada por ele no Espírito Santo e só descobriu toda a verdade há dois anos. Pedro também mudou o nome da criança.

Ela procurou pela Justiça e, no Fórum de Tanabi, conseguiu descobrir toda a verdade. Simone agora procura pela mãe Neide, que já não mora mais na mesma cidade, mas ela tem esperança de encontrá-la.

Para a reportagem do jornal A Gazeta, Neide gravou o vídeo; confira:

https://www.dailymotion.com/video/x7nl6lk