No combate à Dengue, Prefeitura fará nova ação de nebulização veicular no fim do mês 

178

Trabalho será dividido entre visita dos agentes de saúde e pulverização; ocorrerá no bairro São João.


A Secretaria da Saúde de Votuporanga, por meio da Vigilância Ambiental em parceria com a Sucen, irá realizar mais uma ação de nebulização veicular para combater a proliferação do mosquito da Dengue e dessa vez será efetuada no bairro São João, na zona Sul. O trabalho contará com visita, durante o dia, dos agentes de saúde nos dias 24, 25 e 26 e pulverização no período noturno das 18h30 às 22h, nos dias 28, 29 e 30 deste mês.

Os agentes, todos já vacinados contra o novo Coronavírus e fazendo uso de EPIs, farão a visita domiciliar sem entrarem nas casas, apenas vistoriando o quintal e instruir procedimentos para o bloqueio de focos e criadouros, reduzindo assim a propagação de novos casos de Aedes Aegypit.

Durante a pulverização, que será feita na semana seguinte à visita, não há necessidade de que os moradores fiquem para o lado de fora de suas casas, mas que deixem portas e janelas abertas para que a fumaça entre para poder eliminar as fêmeas do mosquito Aedes Aegypit, pois são elas que fazem o Repasto Sanguíneo, que é a sucção do sangue no ser humano e, assim, fazer com que ocorra o amadurecimento dos ovos. Importante é que a população proteja frutas e alimentos, comedouros e bebedouros de animais de estimação e gaiolas de pássaros.

Dados atuais da Vigilância Epidemiológica informam que até o momento, foram registrados 556 casos positivos, 69 estão sob análise aguardando resultado e óbito de um homem de 36 anos, com comorbidade.

Dengue e Covid-19

A ação é importante também, considerando que a Dengue e a Covid-19 possuem alguns sintomas semelhantes, como febre, dor muscular, articular e de cabeça, ao redor dos olhos, enjoo, vômito e perda de apetite e paladar, o que pode atrapalhar o diagnóstico e prejudicar o tratamento adequado de cada doença. Além da Dengue, o mosquito Aedes Aegypti transmite também Zika, Chicungunya e Febre Amarela. 

Prevenção 

Como medidas preventivas, a Vigilância Ambiental orienta a população a manter os cuidados permanentemente em seus domicílios, como deixar os quintais sempre limpos; verificar recipientes como garrafas, pratos de vasos de plantas e sacolas plásticas que possam acumular água; limpar calhas; tampar caixas d’agua e utilizar produtos como detergente e sabão em pó diluídos em água nos ralos internos e externos, para evitar a proliferação do vetor. É igualmente importante lavar os bebedouros dos animais com água, bucha e sabão. 

Atendimento 

Ao surgimento dos primeiros sintomas, como febre, dor muscular, articular e de cabeça, ao redor dos olhos, enjoo, vômito e perda de apetite e paladar os munícipes devem procurar a unidade de saúde mais próxima ou unidades de pronto-atendimento imediatamente. 

Denúncia 

A população pode denunciar terrenos e imóveis com lixo, entulhos e outros, por meio da Ouvidoria Geral do Município pelo 0800 770 3175, além dos telefones (17) 3406-3175 e 3406-3181. Não é necessário se identificar, apenas informar endereço completo do local.