Motorista acusado de matar homens atropelados é condenado a oito anos de reclusão em Votuporanga 

250
Motorista dirigia uma caminhonete quando atropelou vítimas em Votuporanga — Foto: Reprodução

Crime aconteceu no dia 9 de abril de 2017, na Avenida Emílio Arroio Hernandes. Plínio Bérgamo Pinho fugiu sem prestar socorro às vítimas, mas se entregou à Polícia Civil horas depois do acidente.


O motorista Plínio Bérgamo Pinho, acusado de matar atropelado Marcos Antônio do Prado e Paulino de Andrade, foi condenado a 8 anos de reclusão e seis meses de detenção em regime semiaberto. O crime aconteceu no dia 9 de abril de 2017, na Avenida Emílio Arroio Hernandes, na zona norte de Votuporanga/SP. 

Na época, o motorista fugiu sem prestar socorro às vítimas, mas se entregou à Polícia Civil de Jales/SP, horas depois do atropelamento ser registrado. Plínio foi submetido ao Tribunal do Júri na última sexta-feira (6.mai)O conselho de sentença reconheceu a materialidade e a autoria, afastou a absolvição e conheceu o dolo. 

Entenda o caso 

No dia do acidente, Plínio voltava de uma confraternização quando entrou na Avenida Emílio Arroio Hernandes e atropelou as vítimas. 

De acordo com o Ministério Público, Marcos foi arremessado e Paulino foi arrastado pela caminhonete por cerca de 30 metros. 

Plínio não parou o veículo e fugiu sem prestar socorro às vítimas. Os homens atropelados morreram no mesmo dia do acidente.

*Informações/g1