Mirassol vira sobre Aparecidense e sobe à Série C

222

Em jogo de cinco gols, Leão sai atrás, fica com um jogador a menos, mas consegue a virada em Aparecida de Goiânia/GO.


O Mirassol-SP está assegurado na Série C do Campeonato Brasileiro de 2021. Neste sábado (9), o Leão venceu a Aparecidense-GO por 3 a 2, de virada, no estádio Aníbal Toledo, em Aparecida de Goiânia/GO, no segundo jogo do confronto pelas quartas de final da Série D. O resultado também garantiu o clube da região na semifinal da quarta divisão nacional. 

A equipe comandada por Eduardo Baptista foi a campo com a vantagem de ter vencido o duelo de ida por 2 a 1, também de virada, no estádio José Maria de Campos Maia, o Maião, em Mirassol/SP. Será a terceira participação do Mirassol na Série C. As anteriores foram em 1995 e 2008, na ocasião em que a terceira divisão era o último nível do Brasileirão. Desde o surgimento da Série D, em 2009, o Leão esteve perto de subir em 2011, mas perdeu o acesso para o Oeste, justamente nas quartas de final. Desta vez, a história foi diferente. 

Com a bola rolando 

Aparecidense e Mirassol começaram o jogo com tudo. As duas equipes criaram boas chances e fizeram os goleirões trabalharem! Mas o Camaleão foi quem soube aproveitar melhor o bom momento. Aos 17 minutos, Uederson fez boa jogada pela direita e cruzou na área. Mesmo com marcação, Alex Henrique conseguiu cabecear e encobriu Jeferson, abrindo o placar. O Mirassol quase empatou no lance seguinte, mas Tony fez uma grande defesa em chute de Igor Henrique. Depois dos 20 minutos, a Aparecidense foi melhor, ficou mais com a bola e, consequentemente, criou mais chances. Negueba perdeu uma grande oportunidade já no fim da primeira etapa. 

Vendo que o time estava mal, o técnico Eduardo Baptista voltou para a etapa final com três alterações. E elas deram resultado! O Mirassol foi superior no segundo tempo, teve mais volume de jogo e pressionou, mas não soube aproveitar as chances criadas em sequência. Aos 26 minutos, França, que tinha entrado no segundo tempo e estava bem no jogo, deu um carrinho no goleiro Tony e recebeu o segundo cartão amarelo, sendo expulso. Mas o time não sentiu nada essa expulsão! Dois minutos depois, Vinícius empatou. E aos 33, Lucas Silva virou a partida. O Camaleão ainda empatou com Marcos Paulos, mas João Carlos de pênalti, no último minuto de jogo, garantiu a classificação do Leão! 

*Com informações da agenciabrasil.ebc