Homem baleado no rosto tem morte cerebral após quatro dias internado

222

Crime foi no bairro Matarazzo no dia 12 de abril; Ricardo da Silva, de 35 anos, foi socorrido em estado grave e encaminhada para a Santa Casa, onde permaneceu internado. Caso é investigado pela Polícia Civil.

O homem que foi socorrido após ser baleado no rosto, em Votuporanga/SP, morreu na sexta-feira (16), após quatro dias internado. 

Segundo o boletim de ocorrência, Ricardo da Silva, de 35 anos, foi baleado no bairro Matarazzo, no dia 12 de abril. Uma testemunha contou à polícia que viu dois suspeitos fugindo em uma motocicleta após os disparos. 

A vítima foi socorrida em estado grave e encaminhada à Santa Casa de Votuporanga e um enfermeiro encontrou pedras de crack escondidas na tipoia dela. A droga foi apreendida pela polícia. 

No início da tarde de sexta-feira (16) a equipe médica constatou morte cerebral do homem. No sábado (17), a família dele foi localizada e os aparelhos foram desligados, de acordo com o B.O. 

O delegado Dovairdes Carmona, da DIG (Delegacia de Investigações Gerais), afirmou que Ricardo já havia sido alvo de disparos em dezembro do ano passado. A avó do rapaz presenciou o crime, mas não revelou à polícia o autor dos tiros. 

Até o fechamento desta reportagem, ninguém havia sido preso e o caso está sendo investigado pela Polícia Civil.