Grêmio oficializa pedido de anulação de jogo contra o São Paulo

204

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol (STJD) recebeu nesta terça-feira o pedido do Grêmio para a anulação do confronto com o São Paulo, que ocorreu no último sábado. O Tricolor Gaúcho aponta que decisões da arbitragem interferiram diretamente no resultado.

O Grêmio defende que ocorreram quatro erros capitais que teriam favorecido o São Paulo, sendo dois pênaltis e dois lances de expulsão.

A equipe do Rio Grande do Sul ainda questiona os fatos que ocorreram antes da partida, como a reunião entre representantes do Tricolor Paulista e da CBF e a troca no comando do VAR.

A princípio, o árbitro de vídeo seria Rodolpho Toski Marques, mas ele havia se envolvido em outro jogo polêmico do São Paulo no meio de semana, contra o Fortaleza pela Copa do Brasil. A CBF, portanto, optou por substituí-lo por Elmo Albes Rezende Cunha.

Em relação a reunião, o Grêmio pede para que sejam fornecidos os nomes das pessoas envolvidas no encontro. Caso o presidente da Comissão da CBF, Leonardo Gaciba, tenha participado, o Tricolor Gaúcho defende que é necessário o seu afastamento até que os fatos sejam esclarecidos.

O pedido do Grêmio foi encaminhado para o presidente STJD do Futebol, Otávio Noronha, que decidirá se a partida será impugnada ou se o empate em 0 a 0 será mantido.