“GAMBIARRA” – Morador do Bairro Aviação reclama sobre fiação indevida

694
No mesmo curso passam fiações elétricas, de telefone e internet

Um morador do Bairro Chácara da Aviação de Votuporanga, reclamou ao Diário sobre a instalação de fios de energia elétrica, telefonia e internet feitos de forma irregular. A reportagem esteve no local que fica localizado na Rua Pará e constatou que existem pelo menos três postes de ferro instalados dentro da área onde existem imóveis particulares. O que se nota é um emaranhado de fios pendurados num muro. “Dá medo, mas a gente não pode fazer nada”, reclamou o morador do local.

O CREA (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo) recomenda pelo menos 2 metros de distância entre lajes, muros e fiação, mas esse limite não está sendo respeitado.

O morador relata que reside no local há quase 5 anos e que nada foi feito para solucionar o problema. Conta que entrou em contato com a imobiliária responsável e que a mesma isentou-se da responsabilidade, instruindo para que ele procurasse a companhia de luz. Ele conta que ligou para a Elektro e que a empresa só se responsabiliza pelos postes de rua, como aqueles ficam dentro de um terreno particular ela informou que não pode fazer nada.

Percebe-se visivelmente que essas instalações nos muros e nos postes de ferro dentro do terreno estão feitas de maneira irregular. Denota-se claramente que não foi feito nenhum tipo de consulta, ou não teve nenhum apoio de um profissional habilitado.

O terreno localizado na Rua Pará possui 5 casas todas com famílias residindo nos imóveis. O morador disse que em alguns desses imóveis moram crianças e também pessoas idosas o que aumenta ainda mais os riscos de um possível acidente.

Prevenir incêndios é tão importante quanto saber apagá-los. Revisões periódicas, manutenções e até a substituição das instalações passa, necessariamente, pela iniciativa do dono do terreno e dos imóveis localizados no local em promover melhorias ou levar ao conhecimento dos moradores as dificuldades do lugar. Um incêndio em uma casa ou na área comum pode afetar toda a estrutura do local e envolver os moradores. Outro fator preocupante é a falta de manutenção preventiva dos quadros elétricos, já muito antigos.

A maioria dos moradores só faz reparo quando acontece algum defeito e são obrigados a chamar alguém, que normalmente é um eletricista, para consertar.

No local, na semana passada um funcionário de uma empresa de Internet foi fazer uma instalação no local e quando estava na escada que usa para trabalhar levou um choque em um desses postes de ferro. O funcionário disse ao morador que o poste estava dando choque forte e que uma pessoa comum sem nenhum equipamento de segurança poderia ficar seriamente ferida.

Um problema que se constata em certo número de instalações está relacionado a obras realizadas por profissionais não qualificados. É importante que periodicamente sejam feitas inspeção nas instalações do local e plano de manutenção preventiva ou mesmo corretiva por profissional capacitado e legalmente habilitado a fim de antecipar e resolver problemas nas instalações elétricas. (Colaborou Andrea Anciaes)

No local fio de energia expostos. Um perigo para crianças