Feriado não melhora taxa de isolamento social em Votuporanga

177

Dados apontam que município atingiu 51% de adesão à restrição no domingo (4); taxa ideal é entre 60% e 70% para impedir o avanço da COVID-19. Nesta terça-feira, Santa Casa continuava registrando 100% de ocupação em UTI-COVID e tinha apenas um leito disponível em enfermaria.


A segunda-feira (5), foi o primeiro dia útil em Votuporanga/SP após o feriado de Páscoa, também data em que começou vigorar o novo decreto de flexibilização de atividades e que atende as regras estipuladas pelo Plano São Paulo, seguindo as orientações do Comitê de Enfrentamento à Covid-19. 

Segundo dados do monitoramento inteligente do governo do Estado, na segunda-feira município registrou 43% de adesão ao isolamento social; já no domingo (4), Votuporanga atingiu 51%, índice considerado aceitável, mas ficando distante da taxa ideal recomendada que deve variar entre 60 e 70%, segundo as autoridades de Saúde. 

Município que já registrou os melhores índices de isolamento social do Estado de São Paulo no ano passado, neste final de semana não esteve nem entre os 20 primeiros colocados. Até então, Votuporanga havia atingido índice de 54% de isolamento no último domingo (28); nesse intervalo, município oscilou entre 43 e 48%, segundo dados do governo de SP. 

A taxa de isolamento é viabilizada por meio de acordo com as operadoras de telefonia Vivo, Claro, Oi e TIM para que o Governo de São Paulo possa consultar informações agregadas sobre deslocamento no Estado. As informações são aglutinadas sem desrespeitar a privacidade de cada usuário. Os dados de georreferenciamento servem para aprimorar as medidas de isolamento social para enfrentamento ao coronavírus. 

Sistema de saúde  

Votuporanga, assim como grande parte da região noroeste paulista sente o reflexo do momento de agravamento enfrentado pelo Brasil na pandemia, e não possui vagas de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), na Santa Casa, destinadas para pacientes com casos graves de Covid-19 desde o final de fevereiro, nesta terça-feira, de acordo com o hospital, UTI registrava 100% de ocupação e a enfermaria tinha apenas um leito disponível. 

Na segunda-feira, a Prefeitura inaugurou um hospital de campanha construído em menos de 10 dias, contendo 23 vagas de suporte respiratório e estrutura para hemodiálise, fruto de uma parceria com empresas privadas e o Estado; contudo, os números de novos infectados continuam altos. Por exemplo, no final de semana foram registrados 27 casos, já na segunda-feira 67. Nesse período ainda foram contabilizadas 9 mortes.