Duas semanas após perder o pai, universitária morre de covid-19 em Jales

1211

Renata Satim, de 21 anos, ficou internada e não soube da morte do pai, segundo relato de parentes e amigos.


A morte da estudante Renata Satim, de apenas 21 anos, causou comoção em Jales/SP e região neste fim de semana. A jovem morreu por complicações da covid-19 apenas 17 dias após perder o pai, Adalto Satim, para a mesma doença. Ele morreu dia 3 de março, após ser transferido para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) da unidade e não resistir à doença. 

Renata era aluna do curso de Estética e Cosmética da Unijales, faculdade que fica na cidade. A instituição lamentou a morte da jovem nas redes sociais. “Com pesar e muita tristeza que a Unijales lamenta o falecimento da aluna do curso de Estética e Cosmética, Renata Satim, vítima da Covid-19. Nossos mais profundos sentimentos aos familiares e amigos”, escreveu. 

De acordo com relatos de parentes e amigos, Renata ficou internada e não soube da morte do pai. 

“Não acredito meu Deus. Hoje brilha mais uma estrela no céu. Que Deus te receba de braços! Uma princesa, uma pessoa maravilhosa “, escreveu uma amiga nas redes sociais de Renata.  

Segundo o último boletim da prefeitura de sexta-feira (19), município tem 4.537 casos confirmados e 130 óbitos pela doença.