Diga não ao preconceito praticando amor ao próximo

458

Andrea Anciaes

“A injustiça num lugar qualquer é uma ameaça à justiça em todo o lugar.”

(Martin Luther King)

 

Começo hoje meu artigo com essa frase memorável de Martin Luther King tão atual nesse momento que o mundo todo comenta os tristes atos de preconceitos que assolam diversos países e infelizmente e vergonhosamente o Brasil.

Para quem não conhece sugiro conhecer a vida de Luther King.. ele foi morto porque lutou contra o racismo e a desigualdade. Ele defendeu os valores morais, a paz e a felicidade da família. Mas ele foi assassinado por ser negro, uma vítima do preconceito. Esta é a triste realidade, nada mudou, apesar de estarmos em 2020.

O racismo é um câncer. Racismo humilha, destrói vidas. Racismo mata individual e coletivamente, nos EUA, no Brasil e em qualquer país aonde seja uma prática, é parte de uma cultura de perversão social.

A desigualdade no mundo é evidente além de ser uma realidade extremamente preocupante.

Pensar no próximo hoje é um ato heróico, que todos deveriam experimentar um pouquinho, perceber que existem situações diferentes que as nossas, lutar pela igualdade é a essência para um futuro melhor. Pare de olhar só para você comece a enxergar a realidade dos outros também, faça algo para mudar.

Ninguém é diferente por ter um tom de pele mais escuro, o sangue que corre em nossos corpos é o mesmo, o mais puro vermelho. Suas deficiências não lhe fazem menos capazes do que os outros!

A diferença não é algo ruim, o preconceito sim é “uma doença” que precisa ser tratada. Sejamos mais humanos, sejamos mais solidários…as palavras de ordem para uma vida inteira são RESPEITO e EMPATIA!

Infelizmente o brasileiro ainda é preconceituoso, isso é históricamente omitido pela sociedade.Convivemos,  mas os números não mentem – nem da violência moral, nem da desigualdade social, educacional, do mercado, etc etc. Essas coisas só vieram à  tona quando viraram lei. E mesmo assim nunca vi nenhum apoio ou campanha nas redes sociais sobre isso. Mas basta….acontece é em outro país e fica chique apoiar, aplaudir, se mostrar indignados. É o que vejo, é o que sinto.

Afinal existe um vírus pior que o Corona, chama-se PRECONCEITO.

 

  • Andrea Anciaes é Bióloga e reside em Votuporanga