Dia do Médico Veterinário

137

Conheça a origem da data e entenda como a Medicina Veterinária se tornou uma profissão essencial à vida em sociedade!


Nove de setembro (09/09) foi o dia escolhido para celebrar o Dia do Médico Veterinário. Foi nessa data que o então Presidente da República Getúlio Vargas regulamentou a Medicina Veterinária como profissão, há quase 90 anos. Ou seja, já faz bastante tempo que trabalhar com animais é a vocação oficial de muita gente.

Mas o que nem todo mundo sabe é que o campo de atuação dos veterinários vai bem além do cuidado com nossos queridos pets. O ofício também tem enorme importância social, pois lida diretamente com questões de saúde pública e de preservação ecológica. Continue a leitura e compreenda o papel desse profissional!

A Medicina Veterinária está completando 88 anos como atividade profissional no Brasil. Foi em 9 de setembro de 1933, sob um decreto do governo Vargas, que a profissão se estabeleceu legalmente no país. Para homenagear esse marco, a data foi escolhida como o Dia do Médico Veterinário.

Pouco depois, em 1940, o diploma passou a ser obrigatório para o exercício da função, conforme regulamentação da Superintendência do Ensino Agrícola e Veterinário do Ministério da Agricultura, órgão responsável pela fiscalização da atividade em território brasileiro.

No entanto, antes mesmo do reconhecimento da Medicina Veterinária enquanto profissão, uma escola de Olinda (Pernambuco) já havia construído o primeiro hospital veterinário do país, em 1911. Trata-se da Escola São Bento, que, segundo registro do Conselho Federal de Medicina Veterinária, foi a primeira instituição a formar um profissional da área no Brasil.
Ainda de acordo com o Conselho, outras instituições pioneiras na formação de médicos veterinários são a Escola Veterinária do Exército (seis veterinários em 1917) e a Escola Superior de Agricultura e Medicina Veterinária (quatro veterinários, também em 1917). Esta última é a atual Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ).

Em Votuporanga, a Unifev, mantém um curso de Medicina Veterinária. A Instituição possui o Hospital Veterinário de Ensino. Com 1.021 m² de área útil construída, o Hospital possui uma ampla infraestrutura para atendimento de animais de grande e pequeno porte. O espaço abriga hall de espera, consultórios, recepção, ambulatórios, internação clínica, salas de exames e de medicamentos, esterilização, paramentação, centro cirúrgico, ambiente acadêmico, vestiário, banheiros, cozinha, lavanderia e depósito. Além disso, o Hospital conta com diversos laboratórios, entre eles, o de Microbiologia, o de Patologia Clínica e o de Radiologia.

O curso, além de ser presencial, ainda oferece disciplinas na modalidade a distância.