Com desfalques, CAV tenta primeira vitória contra o Marília

162
Foto: Rafael Bento/CAV

Após estreias distintas na competição, clubes duelam nesta quarta-feira, às 15h, na toca da Pantera Alvinegra; treinador Rogério Corrêa não contará com o zagueiro Paulo Henrique, meia Ricardinho e o atacante Murilo Oliveira que apresentaram sintomas da Covid-19 e foram afastados, enquanto aguardam resultados de exames.


Votuporanguense e Marília entram em campo nesta quarta-feira (10), às 15h, para partida válida pela segunda rodada da fase de classificação da Série A3 do Campeonato Paulista. As equipes, que tiveram sortes distintas na estreia, se enfrentam na Arena Plínio Marin, em Votuporanga/SP. 

O CAV, que estreou com derrota fora de casa para o Rio Preto, sabe que não pode falhar novamente, agora jogando em casa, numa temporada de reabilitação após o rebaixamento sofrido na Série A2 do ano passado. O técnico Rogério Corrêa não deve fazer grandes mudanças, até porque o time resistiu bem e só perdeu com um gol nos acréscimos; contudo, não contará com o lateral-esquerdo Abrãao Lincon que testou positivo para Covid-19, assim como o zagueiro Paulo Henrique, o meia Ricardinho e o atacante Murilo Oliveira que apresentaram sintomas e foram afastados, enquanto aguardam resultados de exames. 

Já o Marília, que estreou vencendo o Capivariano por 2 a 0, em casa, sabe que um novo triunfo pode representar um início de caminhada bem diferente do realizado no ano passado, quando o Tigrão sofreu duas derrotas e, no fim, não conseguiu se classificar aos playoffs.