Ciclista é atropelado por carro na contra mão  

345

A vítima foi atingida de frente quando um carro veio em sua direção causando a colisão; Com o impacto o ciclista múltiplas fraturas no rosto e precisou ser transferido para o Hospital da Base de Rio Preto.

 

Luciana Tambuque –

Na noite da última quarta-feira, um ciclista foi atingido de frente por um carro que entrou em uma rua contra mão sem perceber. O acidente aconteceu durante a realização do Pedal da Família, feito por praticantes do esporte todas as quartas-feiras no período noturno. O percurso de leve a moderado, é sempre seguindo o percurso urbano e todos do passeio obrigatoriamente usam equipamentos de segurança.  O grupo estava subindo pela rua Pernambuco sentido Centro/Bairro, quando na altura do Sesi, um fiat uno, dirigido por um idoso, entrou na contra mão, vindo a colidir de frente com um dos ciclistas do grupo. Com o impacto da colisão, o ciclista fraturou a face em vários lugares. A vítima estava com uma bicicleta Cannondale de cor verde limão, fazendo uso de todos os itens de segurança obrigatórios, por estar um pouco mais à frente dos outros, foi o único a ser atingido pelo carro.  Após a colisão, o Samu foi acionado, onde a vítima foi levada para a Santa Casa de Votuporanga, sendo encaminhado em seguida para o Pronto Atendimento do Hospital de Base de Rio Preto. No local, o condutor do veículo afirmou não ter notado que estaria entrando em uma rua contra mão e que não havia enxergado o ciclista. Em seguida, foi levado para o plantão policial para prestar esclarecimentos.

 

Segurança em cima da bicicleta

Para que uma bicicleta possa ser utilizada em segurança e com o máximo de usufruto possível, existe um conjunto de regras que devem ser respeitadas, bem como um conjunto de equipamentos a ter em conta, de forma a tornar a sua utilização simples, agradável e segura. Quanto às regras de segurança, estas estão intimamente ligadas ao código da estrada, que deve ser respeitado na íntegra. Se a utilização da bicicleta for feita por crianças, cabe aos pais a responsabilidade de transmitir estas regras aos filhos, assegurando ainda que as mesmas sejam cumpridas. Em relação à prática de ciclismo propriamente dita, segue-se uma pequena lista com os 6 equipamentos indispensáveis para os passeios sob duas rodas. Confira alguns dos itens básicos de segurança que os ciclistas devem usar.

Capacete: utilize capacete certificado e tenha atenção ao tamanho do item, que não pode ser grande ou muito apertado. Antes da compra, experimente e descubra qual é o mais confortável.

 

Sapatilha: o calçado específico tem um sistema de clipagem entre o taco da sapatilha e o pedal da bicicleta. Isso proporciona maior eficiência e segurança durante os movimentos.

 

Luvas: são utilizadas para que a pele não fique irritada por conta do apoio contínuo na manopla. Elas também protegem as mãos em casos de quedas e em percursos com muito vento – se a corrente estiver gelada, as mãos do ciclista podem enrijecer, dificultando o acionamento dos freios e até mesmo a condução da bike.

 

Espelho retrovisor: é um item exigido por lei. Ele deve ser utilizado do lado esquerdo da bicicleta para auxiliar o ciclista durante a condução.

 

Campainha: alerta sonoro para chamar a atenção de outros veículos ou pedestres em situação de perigo.

Luzes de segurança: quando você anda de bicicleta, é essencial ser notado pelos demais motoristas e pedestres da via. Para isso, use sistemas de iluminação tanto na frente quanto na parte superior da bike. Luz no capacete ajuda ainda mais – principalmente à noite.

 

Colete refletivo: item de segurança para pedaladas noturnas. Durante a noite, a visibilidade é reduzida e o risco de acidentes aumenta