Aeroporto de Votuporanga é arrematado leilão

990

Aeroporto Domingos Pignatari será administrado pelo consórcio Aeroportos Paulista pelos próximos 30 anos.


Além do de Votuporanga, foram arrematados no mesmo lote os aeroportos comerciais de Rio Preto, Araçatuba, Presidente Prudente e Barretos. Ainda compõem o lote os aeroportos comerciais de, além de pistas em Andradina, Assis, Dracena, Penápolis, Presidente Epitácio e Tupã. As unidades serão administradas pelos próximos 30 anos pelo consórcio Aeroportos Paulista, liderado pela empresa Socicam, vencedora do leilão e que já tem experiência em administrar outros aeroportos no País. O bloco da região de Votuporanga foi arrematado por R$ 7,6 milhões, ágio de 11,14%.

O vice-governador Rodrigo Garcia acompanhou a abertura dos envelopes e destacou a importância do Estado em administrar e propor leilões com o objetivo retomar a economia.
“Estamos completando aqui nosso oitavo contrato de concessão de parceria público-privada. Isso reforça o compromisso de um Estado menor, mais enxuto e eficiente, voltado para o atendimento das prioridades do serviço público nas áreas da saúde, educação e segurança”, afirmou Garcia.

Propostas

Bloco Noroeste

  • 11 unidades: aeroportos de Votuporanga, São José do Rio Preto, Presidente Prudente, Araçatuba e Barretos. Aeródromos de Assis, Dracena , Penápolis, Tupã, Andradina, Presidente Epitácio;
  • Investimento previsto: R$ 181,2 milhões;
  • Vencedor: Consórcio Aeroportos Paulista
  • Outorga: R$ 7,6 milhões (ágio de 11,14%)

Bloco Sudeste

  • 11 unidades: Ribeirão Preto, Bauru-Arealva, Marília, Araraquara, São Carlos, Sorocaba, Franca, Guaratinguetá, Avaré-Arandu, Registro e São Manuel;
  • Investimento previsto: R$ 266,5 milhões;
  • Vencedor: Consórcio Voa NW-Voa SE
  • Outorga: R$ 14.73