Tiro acidental mata jovem durante caçada a javali

1122
(Foto: Rosinha Radio Web /Divulgação)

O jovem Breno Henrique Miranda da Rocha de 17 anos, morador do bairro Jardim Menina Moça, em Olímpia foi, vítima de um tiro fatal, mas acidental, disparado pelo seu pai, Dorcilio Rocha. Segundo informações, Breno caçava junto com seu pai e alguns amigos em uma área rural conhecida como Recanto do Bambi. Em determinado momento o motorista da Pampa que conduzia os caçadores freou bruscamente, logo após ter avistado alguns javalis; a arma (carabina 458) do pai de Breno acabou disparando acidentalmente, atingindo a face do adolescente.

Informações colhidas no local do acidente dão conta que o jovem no momento da freada abaixou-se para pegar uma lanterna e foi atingido pelo disparo. Socorrido pelo pai e colegas de caça, ele chegou na UPA 24 horas de Olímpia em óbito.

Dorcílio e os dois colegas foram levados ao plantão policial em Barretos onde o caso foi registrado como homicídio culposo.

Ao todo, foram apreendidas 15 cápsulas de carabina 454, sendo 14 intactas e uma deflagrada. A polícia informou que o pai do adolescente possui registro da arma e licença para caçar javalis.

O pai do adolescente prestou esclarecimentos ao delegado de plantão e foi liberado depois de pagar fiança de R$ 1,1 mil.

O carro usado na caça, uma pick-up Ford Pampa, foi preparada exclusivamente para as caçadas. O veículo foi apreendido pela PM e guinchado ao pátio Dutra, do Detran em Severínia e será periciado pela Polícia Civil.

O corpo do jovem foi levado para o IML de Barretos e liberado aos familiares para velório, que aconteceu na tarde deste sábado, em Olímpia.