Proprietários rurais são multados em mais de R$ 23 mil por degradação ambiental

167

Flagrante da Polícia Militar Ambiental ocorreu durante fiscalização em cinco propriedades rurais, em decorrência da Operação Huracan II.


A Polícia Militar Ambiental autuou em mais de R$ 23 mil cinco proprietários rurais, após flagrante de envenenamento de árvores nativas e intervenção em APP (Área de Preservação Permanente), em Aspásia/SP. A ação da equipe faz parte da “Operação Huracan II” que acontece nesta semana em todo o Estado.  

De acordo com informações, no momento em que foi feito o flagrante os proprietários informaram que não possuíam a autorização do órgão necessário para que as alterações fossem feitas.  

A polícia explicou que encontrou as irregularidades antrópicas em área de preservação permanente que devem ser consideradas a metragem, de acordo com a largura do rio. Além dos sinais de perfurações em árvores, que estavam com veneno, conhecido como “Tordon”. Diante disso, foram elaborados autos de infração ambiental de multa simples, nos valores de R$ 22.320,00 por dificultar a regeneração natural de vegetação nativa, em área correspondente 3,102 hectares e outro em R$ 1.200,00 por explorar vegetação nativa, quatro árvores mediante envenenamento, localizadas fora de área de preservação permanente.