Presidente da Câmara de Votuporanga pede desculpas após Jura usar termo “shoppingzinho” para se referir ao shopping de Fernandópolis 

412

Após Jura (PSB) usar a expressão na tribuna da Câmara para pedir que o shopping de Votuporanga/SP seja melhor do que os de Rio Preto para atrair clientes; o prefeito de Fernandópolis/SP, André Pessuto (DEM), veio à público pedindo “Mais União e menos Revanchismo”.


Na última quarta-feira (20), o vereador votuporanguense Jurandir Benedito da Silva – Jura (PSB) fazia uso da tribuna da Câmara Municipal para falar sobre a esperança de avanço das obras do shopping e deixou uma cutucada em Fernandópolis/SP, cidade vizinha que possui certa rivalidade com o município. 

O assunto veio truncado, em meio a fala sobre a construção do novo Paço Municipal, durante a discussão sobre a suspensão dos repasses patronais ao Votuprev (Instituto de Previdência do Município de Votuporanga): “Inclusive um dos pontos da lei, e foi uma sugestão minha, é de que a empresa, que era do senhor Sérgio Gomes, só teria acesso aos imóveis da Prefeitura (área onde está sendo erguido o Shopping) dois meses depois que concluísse a construção do Paço Municipal. Não quero entrar no mérito se ele fez, se vendeu para alguém, quem comprou, contrato de gaveta, isso não compete a nós, mas aconteceu e muitas pessoas embarcaram naquela situação e levaram prejuízo, pois começou errado e terminou errado”, explanou o parlamentar. 

Em seguida, Jura completou seu discurso falando que o novo Paço não deveria ter sido construído onde está hoje, mas acabou indo para lá por uma visão empresarial e, já que tudo isso aconteceu, se espera um grande centro comercial. Nesse ponto, começou a fala que desencadearia toda a polêmica e até a manifestação do prefeito de Fernandópolis, André Pessuto.

“Por que a prefeitura foi para lá? Porque quem ia construir a prefeitura é dono do shopping e para viabilizar o shopping, teria que ter movimento em volta. Infelizmente, a empresa aconteceu o que aconteceu passou para frente. Espero, e aqui eu quero parabenizar a iniciativa do prefeito Jorge Seba que vai articular com os novos proprietários daquele espaço para que ele possa concluir, porque ali não pode ser outra coisa a não ser shopping. E o shopping que vai sair ali tem que ser melhor que o de Rio Preto, porque senão, se fizer um shoppingzinho igual de Fernandópolis as pessoas vão continuar indo em Rio Preto’, finalizou. 

Reações

No início da noite de sexta-feira (22), o prefeito de Fernandópolis, André Pessuto (DEM), resolveu comentar a “cutucada” que o vereador Jura deu em sua cidade. Por meio das redes sociais, o chefe do Executivo respondeu o parlamentar e disse que não existe mais espaço para a política antiga de ataques.

O gestor do município vizinho ainda disse acreditar que os votuporanguenses não compactuam com os pensamentos de Jura, “pois são nossos irmãos e vizinhos”; e completou dizendo que deseja o sucesso de todas as cidades vizinhas, “pois precisamos pensar em desenvolvimento regional”.  

Pessuto ainda explicou o “tal ‘shoppingzinho‘ citado pelo vereador “Jura” de Votuporanga, gera diretamente quase 400 empregos. Foi fundado em 1996 e mesmo com várias crises mundiais, está de portas abertas para todos os visitantes. Não iria comentar, mas não posso deixar passar em branco, principalmente num momento tão difícil como esse da pandemia, na qual famílias estão sofrendo. Mais União e menos Revanchismo. Precisamos de PAZ no mundo!!!” 

Já no final da noite de sábado (23), o presidente da Câmara Municipal de Votuporanga, vereador Serginho da Farmácia (PSDB), assim como e a Mesa Diretora, usaram a rede social da Casa de Leis para explicar que a expressão “shoppingzinho”, utilizada por Jura para se referir ao Shopping Center de Fernandópolis, “diz respeito apenas ao seu posicionamento, não refletindo o da Câmara Municipal”. 

O parlamentar destacou ainda a harmonia que emana entre os dois municípios vizinhos. E garantiu que se houve no passado alguma rixa política entre as duas cidades, isso não reflete no momento atual de liderança entre os dois municípios. 

Serginho ressalta que, “tanto Fernandópolis, como Votuporanga possuem deputados federal – Fausto Pinato e estadual – Carlão Pignatari – e que o pronunciamento do nobre vereador Jura, não quis de forma alguma denegrir a imagem do shopping da vizinha cidade e nem tampouco a população de Fernandópolis”. 

O vereador ressaltou ainda que a Câmara Municipal de Votuporanga é parceira de Fernandópolis e que não será esse caso isolado que irá manchar o bom relacionamento político e harmonioso entre os dois municípios. 

Por fim, o presidente da Câmara, em nome do Legislativo votuporanguense pediu desculpas publicamente ao prefeito da vizinha cidade André Pessuto, ao seu vice Artur Silveira, ao presidente da Câmara – Gustavo Pinato e aos demais vereadores por esse episódio, colocando-se a inteira disposição dos poderes constituídos e da população da vizinha cidade.