Polícia identifica bombeiro como suspeito de ataque contra jornal em Olímpia

242

Indivíduo que seria aposentado, foi levado à delegacia para prestar depoimento e liberado; investigações continuam para identificar participação de outros criminosos.


O delegado Marcelo Pupo, da Polícia Civil de Olímpia/SP, identificou um bombeiro aposentado como suspeito de ser o autor do atentado contra a sede do jornal Folha da Região, que teve a fachada incendiada, na madrugada do dia 17. 

Um mandado de busca e apreensão foi cumprido na manhã de quarta-feira (31), na casa do suspeito. Foram apreendidas uma moto Honda CG 125 Titan, cor azul, e uma mochila de cor preta, agrados por câmera de monitoramento, no dia do atentado da sede do jornal. 

O suspeito não foi encontrado durante o cumprimento do mandado. O acesso ao interior do imóvel foi autorizado por parentes. Depois, Claudio José de Azevedo Assis se apresentou à polícia acompanhado de um advogado, confessou o crime e disse que agiu sozinho. Ele não vai ficar preso, porque não foi pego em flagrante. Conforme flagrado por uma câmera de monitoramento, o homem de moto parou na frente da sede do jornal, despejou um galão de combustível na porta, ateou fogo e depois fugiu em alta velocidade. No prédio também funciona a rádio Cidade de Olímpia. 

O editor do jornal, José Antonio Arantes, que mora no andar de cima da redação, acordou com o barulho do incêndio e conseguiu conter as chamas, antes que fossem espalhadas pelo prédio.

Para identificar o motociclista, a equipe de investigadores civis conseguiu obter imagens de câmeras de monitoramento de residências e estabelecimentos comerciais que mostram o trajeto feito pelo autor desde a casa até a sede do jornal. A investigação vai continuar, porque será apurado se o crime teve a participação de comparsas. 

*Com informações do sbtinterior