Morre enfermeira da Santa Casa e do AME

778

Com oito anos de trabalho, profissional recebeu inúmeras homenagens nas redes sociais

Morreu neste domingo, 16, a enfermeira. Informações extraoficiais indicam que ela foi de um carcinoma na área das mamas e que o óbito, ao contrário de especulações, não está relacionado à pandemia de Covid-19.

A profissional da saúde trabalhava no Ambulatório de Especialidades Médicas-AME e na Santa Casa de Votuporanga, onde exerceu o cargo por oito anos.

Muito estimada na área da saúde regional, a enfermeira e seus familiares está recebendo milhares de homenagens em sua página nas redes sociais, bem como nas da Santa Casa e do AME.

O corpo da enfermeira Luana da Fonseca Magri ficou exposto no Velório Municipal de Fernandópolis neste domingo (16) e foi sepultado no mesmo dia, às 17 horas. no Cemitério Municipal de Macedônia.